Papo sério à mesa: fome versus obesidade, política alimentar, agriculturas familiar e ecológica e a comida engajada do Slow Food

MARCO MERGUIZZO - O novo relatório da ONU sobre o estado da segurança alimentar e nutrição no mundo (SOFI), resultado da colaboração entre a FAO (agência da própria ONU para a Alimentação e a Agricultura), a FIDA (Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola), a OMS (Organização Mundial da Saúde) e a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para... Continuar Lendo →

Uma receita de infelicidade (conto)

JOSÉ CARLOS FINEIS – "Ahá! Aí está o problema -- exultou o guru. -- Seu marido é triste porque você não ri das piadas dele. Se você não rir, outra certamente rirá, e ele irá com a outra. Um lar sem dinheiro, sem romantismo e sem risos é como um torrão de açúcar numa chuva de verão: logo se desfaz."

A teus pés

RUBENS NOGUEIRA - O título é de um livro de Ana Cristina Cesar, ou Ana C. O jornal “Cruzeiro do Sul”- (27-01-18) reproduziu um texto de Maurício Meireles da Folhapress (página B1 – Mais Cruzeiro). O autor analisa o ensaio literário do filósofo e crítico literário Eduardo Jardim: “Tudo em volta está deserto”. Interessei-me e... Continuar Lendo →

Jornada amalucada pelo universo

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - O desenho “Rick e Morty”, em exibição pela Netflix, chega à terceira temporada causando comoção entre fãs, provocando elogios rasgados e entrando em muitas listas de melhores séries. A ação é concentrada em Rick, um vovô desgrenhado que vive bêbado, mas ainda assim é capaz de inventar traquitanas científicas geniais;... Continuar Lendo →

O que te faz feliz?

VANESSA MARCONATO NEGRÃO (TEXTO) E PEDRO NEGRÃO (FOTO) -  Julho chegou. O tom do céu me enche de esperança, as sombras das crianças projetadas nos degraus da quadra me inspira futuro. As painas descolam dos frutos rachados pintando o chão de branco. As pessoas se reúnem em volta da fogueira. Tempo de refletir sobre os... Continuar Lendo →

Meu anjo da guarda não brinca em serviço

RITA BRAGATTO – Semana passada eu vi um meme em uma rede social que dizia: “Meu anjo da guarda conversando com Deus deve ser assim: ai, ai, o que a gente faz com essa doida?” Na hora, lembrei do meu anjo. Eu sempre estou conectada com ele. Converso. Peço orientação. Agradeço sua proteção. Me tranquiliza... Continuar Lendo →

A sedução do abismo (conto). Terceira e última parte: Cedo ou tarde demais, seus olhos se abrirão

JOSÉ CARLOS FINEIS – Ao declamar Pessoa, abri os braços, me entusiasmei e quase perdi o equilíbrio. Mas Regina, com o olhar distante, nem percebeu. – Todos os sonhos do mundo – ela repetiu. – Tenho saudades do tempo em que eu também sonhava. Me sinto tão diferente do que eu era! Parece que o dom de sonhar ficou perdido em algum ponto do caminho. Acho que essa é uma forma, talvez a mais dolorosa, de morrer: quando sentimos que abandonamos nossos sonhos, ou que fomos abandonados por eles.

No dia dela e da votação da Previdência, a pizza é uma unanimidade recriada no Brasil com múltiplos sabores e ressignificação política

MARCO MERGUIZZO - Sobre o disco de massa feito de três elementos basilares - água, farinha de trigo e sal - assado no calor de brasas e lambuzado com um molho de tomates vigoroso, repousa o queijo mozzarella perfumado por folhas bem fresquinhas do verdadeiro basilico italiano, o nosso conhecido manjericão, mas que também pode ser... Continuar Lendo →

Mata mato e mata gente

GERALDO BONADIO - A Monsanto, empresa química originariamente norte-americana e hoje pertencente ao grupo alemão Bayer, vem colecionando ações judiciais (mais de 13 mil até agora) e condenações por conta do entendimento, dos juízos e tribunais daquele país, de que um dos agrotóxicos mais populares produzidos pela empresa, hoje principalmente em unidades sediadas na China,... Continuar Lendo →

A sedução do abismo (conto). Parte 2: A arte de construir sobre o vazio

JOSÉ CARLOS FINEIS - Um murmúrio subiu desde a multidão quando, lenta e cuidadosamente, passei a perna esquerda por sobre o peitoril e fiquei sentado lado a lado com Regina, os pés apenas recostados no concreto pelos calcanhares, sem poder contar com uma saliência, um ponto de apoio para as pernas. Eu tinha uma desvantagem, que era de não conhecer Regina nem saber o que a levara a cogitar o suicídio.

Com muitas histórias, sabor e calor no copo, os drinques de café são dicas certas para o fim de semana em que a temperatura despenca

MARCO MERGUIZZO - Bebida aromática e cheia de sabor, o café quando associado ao chocolate e a outras bebidas como aguardentes, uísques e licores de boa qualidade pode ser uma dica perfeita para aquecer o paladar nestes dias e noites de inverno, nos quais a temperatura despenca. Caso de Sorocaba e região, cujas mínimas oscilarão entre... Continuar Lendo →

São Pedro e o pernil à bolonhesa

FREDERICO MORIARTY - O Latium estava à margem esquerda do rio Tibre. Ali floresceu uma pequena civilização, a dos Latinos. Com o tempo, os Latinos se juntaram aos Etruscos, Sabinos e Albigenses. Protegidas por 7 colinas, as terras muito baixas da margem do rio viram nascer a Cidade Eterna, Roma. O conflito e a discórdia... Continuar Lendo →

Precisamos de mais teatros na cidade de Sorocaba

Precisamos de mais teatros em Sorocaba. O município tem uma lei desde 2010, proposta pelo vereador Martinez que dispõe sobre a obrigatoriedade de construção de teatros em centros comerciais. Todavia nenhum teatro foi criado na cidade no período.

O manto

VANESSA MARCONATO NEGRÃO (TEXTO) E PEDRO NEGRÃO (FOTO) - O manto o separa do mundo, esconde sua vergonha, lhe cobre de esperança, sustenta seu equilíbrio, anuncia o inverno, carrega a piedade, beatifica sua humanidade. Nesse tempo de pouca poesia, quisera um manto, humanizando para além do rigor do inverno. “Gelo não cobre o dorso das... Continuar Lendo →

Para comemorar nesta 4a., 3, os 136 anos de Franz Kafka, a popular kafta árabe agrada ao brasileiro e não confunde o paladar

MARCO MERGUIZZO - Em tempos de contingenciamentos e cortes na própria carne das verbas destinadas às universidades públicas, medidas anunciadas há poucos meses pelo atual ministro da Educação, Abraham Weintraub, a hoje globalizada kafta - glória da culinária árabe feita de carne moída e especiarias, bem ao gosto, por sinal, do brasileiro - foi alçada, nos... Continuar Lendo →

A sedução do abismo (conto). Parte 1: Uma executiva na janela

JOSÉ CARLOS FINEIS - "Então vamos fazer assim. Em vez de eu falar sobre mim, você fala. Mas pelo amor de Deus, não quero ouvir essas máximas idiotas que as pessoas publicam nas redes sociais. Você tem até as seis para dizer tudo o que puder para me fazer mudar de ideia. Eu prometo ouvi-lo e considerá-lo. Antes disso não vou pular, a menos que algum idiota tente me tirar à força daqui."

Rios e quintais

SANDRA NASCIMENTO - A propósito das várias ideias e questionamentos que o mês de junho trouxe para o ambiente humano no planeta, vamos finalizando esse período – que celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente em 5/6 – com uma pequena mensagem. Trata-se de um poema que nasceu a partir da lembrança de um sonho... Continuar Lendo →

Palavras Negras: o racismo na literatura brasileira

LUIZ PIEROTTI - Há algum tempo, falamos sobre a escritora Carolina Maria de Jesus, mulher negra, favelada, e muito importante para a história da literatura brasileira, assim como para a compreensão dos processos de marginalização que nos rodeiam. "Machado de Assis Real", projeto da Faculdade Zumbi dos Palmares Mas ela não foi a única, diversos... Continuar Lendo →

Meu amigo arcebispo

JOÃO MAURÍCIO ROSA (BLOGUEIRO CONVIDADO) - Nunca fui de me gabar, mas desta vez não vou deixar passar batido. Eu tinha em meu rol de amigos um que era arcebispo de Porto Velho (RO). A notícia da morte no dia 17/06 de Dom Moacyr Grechi me deixou triste e frustrado, pois nesta quinta-feira, dia 27,... Continuar Lendo →

Ponte sobre o rio dos sonhos

RUBENS NOGUEIRA - Ah! Como é bom ler. Este burro velho, eterno aprendiz, tem a alma lavada diante do texto de Monica de Bolle (Revista Época, 12-11-18) (*). Ela cita Fernando Pessoa: “Da distância imprecisa, e, com sensíveis/ movimentos da esperança e da vontade,/ Buscar na linha fria do horizonte/ A árvore, a praia, a... Continuar Lendo →

A taça de sorvete

JOSÉ CARLOS FINEIS - Não me sinto culpado por ter sido uma criança difícil, por um motivo muito simples: não existe criança fácil. O que existe é criança mais ou menos difícil. Também não perco tempo pensando em que categoria – se mais ou menos difícil – eu poderia ter sido classificado. Acredito (e obviamente... Continuar Lendo →

A nova normalidade brasileira

GERALDO BONADIO - Como o império da moralidade foi plenamente restaurado em nosso país, a contar de 1º de janeiro, os brasileiros desfrutam hoje de uma normalidade totalmente nova. Exatamente pela sua novidade, ela, por vezes, surpreende velhos e empedernidos corruptos do PT, incapazes de entendê-la. O presidente da República viajou ao Japão, país em... Continuar Lendo →

Um olhar sobre nossas convicções

NILSON RIBEIRO - Por que eu tenho que estar certo? há algo de patético em todos nós. Por algum caminho absorvemos cultura, informação, conceitos. Depois, a partir disso, formamos nossas opiniões e convicções. E, depois, procuramos desesperadamente maneiras de sustentá-las. Sejam elas religiosas, políticas, comportamentais, sociais ou uma simples receita de espaguete. Quando estamos convictos... Continuar Lendo →

Quanto custa colocar amor no café?

LUCY DE MIGUEL - Quando li essa frase pela primeira vez no prefácio de um livro, percebi que ela continha uma riqueza enorme de significados, que tomei emprestada para usá-la em minhas palestras para empresários e líderes educacionais. Digo sempre que a frase não é minha, mas de Marco Kerkmeester, fundador de uma conhecida franquia... Continuar Lendo →

O mistério de 31 milhões de acessos

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Um casal comum cai por acaso em uma situação inusitada que envolve gente endinheirada, crimes e mistérios. Esse roteiro a gente já viu. Mas sempre é possível inventar variações sobre a mesma fórmula. Assim é “Mistério do Mediterrâneo”, que traz Jennifer Aniston e Adam Sandler como uma cabeleireira e um... Continuar Lendo →

No escurinho do cinema

RUBENS NOGUEIRA - Sorocaba teve, em priscas eras, salas de projeção de filmes, os chamados cinemas de rua, no centro da cidade e em pelo menos dois bairros: Vila Santana e no Além-Ponte. No bairro dos espanhóis, eram dois. Na Nogueira Padilha, era o cine Eldorado (cuja fachada ilustra este artigo), e numa transversal ali... Continuar Lendo →

No vazio brotou uma nova vida

RITA BRAGATTO – Na semana passada, concluí o processo de reconhecimento da minha cidadania italiana. Comecei a pesquisa de certidões – do zero - há um ano. A única informação que eu tinha era que meus bisavós nasceram em Treviso, no norte da Itália. Mas não fazia ideia em qual das mais de cem comunes... Continuar Lendo →

Para brindar os 75 anos de Chico, as canções que lembram seu precioso legado artístico, o ativismo e, claro, a boa mesa

MARCO MERGUIZZO - “Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome”. Embora a frase, antológica, seja do genial Caetano Veloso, ela expressa em boa medida a trajetória grandiosa de um outro gigante da MPB e da cultura nacional: a de Chico Buarque de Holanda, uma figura superlativa nos cenários musical, cultural e político brasileiros... Continuar Lendo →

Segunda-feira

PEDRO HENRIQUE NEGRÃO (FOTO) - O que é mais triste que um trem? Que parte quando deve partir, Que tem somente uma voz, Que tem somente um caminho. Nada é mais triste que um trem. Ou somente um burro de carga. Está preso entre duas barras, E nem pode olhar para o lado. Sua vida... Continuar Lendo →

Mãe Coragem – um texto necessário

JOSÉ SIMÕES - o teatro nesses tempos ruidosos e obscuros é absolutamente necessário. Isso porque é nele que nos encontramos, nos encantamos, nos vemos, nos entristecêssemos e enfrentamos a barbárie. Este tempo demanda que artistas e público retomem o mote: a arte contra a barbárie. É o momento que artistas, em sintonia com o mundo... Continuar Lendo →

Todos os homens e conjes do Presidente

FREDERICO MORIARTY - O The Guardian publicou em 2013 uma série de reportagens que atingiu a NSA (Agência de Segurança Nacional). Fundada em 1952, a NSA era tão secreta que só 30 anos depois, em pleno governo Reagan (1980-1988), sua existência foi confirmada. Para os teóricos da conspiração mundial, a NSA sempre foi a grande... Continuar Lendo →

Amor, guerra. E o vento.

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - “E o Vento Levou” (Gone With The Wind, Estados Unidos, 1939), talvez o filme mais famoso de todos os tempos, traz uma história de amor arrebatadora e trágica. A efeméride do dia dos namorados nos levou a revisitar essa grande produção.   Vivian Leigh vive Scarlett O'Hara, moça que não... Continuar Lendo →

Urucum, o tempo e a vida real

NILSON RIBEIRO - Quer saber como viver plenamente a vida? Não precisa perguntar a algum guru da moda... Recentemente, me deparei com minha amiga Celi, cozinheira que nos ajuda por aqui, descascando e pilando algumas sementes de urucum, aquela bem vermelhinha, da qual se faz tinta e o colorau para dar vida às receitas. Sou... Continuar Lendo →

Eu criei o “Tico” e acabei com a tristeza do meu filho

LUCY DE MIGUEL -- Não há dúvida de que a maternidade venha rodeada de incertezas, inseguranças, muitas noites mal dormidas (e quando “não-dormidas”), mas também nos desperta habilidades inimagináveis, exigindo toda a nossa criatividade e muito amor no coração. Acho que isso é o que chamam de "instinto materno". Posso dizer que tive incontáveis e... Continuar Lendo →

Ao lado da lareira, sob o edredom e um bom vinho, a fondue é pedida certa para estes dias gelados de outono com cara de inverno

MARCO MERGUIZZO - Sempre precisos, o Climatempo e o Sorocaba Plural, veículo comandado pelo incansável casal de multieditores Sandra Nascimento, do Rio Sorocaba Conta Histórias, e José Carlos Fineis, contista titular do Conversa de Armazém, além de timoneiro deste Coletivo e boulanger dos bons, já anteciparam: com previsão de os termômetros baterem nos 10ºC, o... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑