Sapatos

JOSÉ CARLOS FINEIS (Blog Conversa de Armazém) -- Sapatos trouxeram a desgraça para a vida daquela criança livre. Com eles, vieram a escola, o horário para acordar, as lições de casa, o bullying (usava óculos), a necessidade de tomar banho todo dia, o medo de errar, a competição para ser o primeiro da classe, a primeira briga na porta da escola, a fossa de domingo à noite, a incerteza quanto ao futuro...

Paulo Henrique Amorim

RUBENS NOGUEIRA (Blog Antes que me Esqueça) -- Meu registro no antigo INSS tem o número 468. Perdi a carteira de trabalho na Delegacia de Sorocaba. Nos muitos anos depois, minha coleção é de umas oito, sei lá. De uma anotação na loja de ferragens na Praça Tiradentes, passando pela Confederação Evangélica na rua Buenos Aires, Edifício da Bíblia, General Eletric, agências de publicidade e relações-públicas, Artes Gráficas Gomes de Souza, Standard Propaganda, e, desde 1976, Itaipu Binacional. Todo esse introito para explicar onde entra Paulo Henrique.

Fora da Margem, ano 1, ed. 8

Uma coleção sempre renovada de memes, vídeos, montagens, prints, frases e outros conteúdos que circulam nas redes sociais e WhatsApp, fazendo-nos rir e refletir sobre o País e o mundo em que vivemos.

Gravados na memória, os sabores de infância como o do brigadeiro nos reconectam às raízes, levando-nos a visitar a meninice e a voltar a sonhar com um mundo melhor

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Quando levou à boca a primeira garfada de ratatouille – um refogado de vegetais originário do interior da França, feito de modo autêntico e caseiro –, Anton Ego, o mais temido crítico gastronômico de Paris, até se esqueceu de que estava ali à mesa para avaliar o restaurante. De repente, aquele sabor fez o mundo parar, e ele pôde sentir novamente o garotinho que, depois das brincadeiras, chegava em casa para a refeição e ganhava um afago da mãe. Que, neste 12 de outubro, dia das crianças, o espírito e as lembranças dos aromas e gostos da meninice voltem a nos inspirar, ajudando a tornar a realidade atual menos dura e amarga. Clique e leia o post completo.

Mostra de cinema: a cultura resiste

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Vai começar a 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. O blog Todas as Telas esteve na coletiva de imprensa de lançamento do evento, no último sábado, e já estamos selecionando os filmes mais interessantes para assistir e comentar aqui neste espaço.   O festival começa no dia 17... Continuar Lendo →

Por que precisamos da Cultura?

JOSÉ SIMÕES -  Por que o incentivo à Cultura é importante para a cidade? Estado? Pais? Porque ao se promover a Cultura se estimula o bem viver, a cidadania e a reflexão acerca do mundo. Simples. Porém para se estimular a Cultura é preciso saber o que é e o que não é Cultura. A... Continuar Lendo →

A mais-valia vai acabar, senhor Edgar

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Esta semana diversos membros do governo, além do guru esotérico-terraplanista Olavo de Carvalho, voltaram suas armas para o maior dramaturgo brasileiro: Oduvaldo Vianna Filho, o Vianninha. O novo diretor da Ancine acusou Vianninha de ser um agente comunista nas artes brasileiras e um "gramsciano empedernido". Pré-indicado ao Nobel de Literatura há 3 anos, Vianninha respondeu com bom humor: "É a ascensão dos néscios. O pântano que pensa ser ribeirão".

Não morreu Nina Horta, apenas nina em nossos corações e nos livros de cozinha a grande dama da crônica gastronômica brasileira

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Quem é fã do bem comer e de bem escrever, como este jornalista e dublê de blogueiro, ficou bem triste neste domingo, 6 de outubro. Aos 80 anos, boa parte deles dedicados aos deleites da boa mesa e da escrita esmerada, morreu desafortunadamente a cronista, escritora, colunista, tradutora e empresária Nina Horta, a grande dama do cronismo gastronômico brasileiro.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑