Segunda-feira

PEDRO HENRIQUE NEGRÃO (FOTO)

O que é mais triste que um trem?

Que parte quando deve partir,

Que tem somente uma voz, Que tem somente um caminho.

Nada é mais triste que um trem.

Ou somente um burro de carga.

Está preso entre duas barras,

E nem pode olhar para o lado.

Sua vida é só caminhar.

E um homem?  Não é triste um homem?

Se vive há muito em solidão,

Se acha que o tempo terminou,

Um homem também é coisa triste.

17 de janeiro de 1946

Trecho do livro Mil Sóis, a ser lançado em julho pela Todavia, com tradução de Maurício Santana Dias.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: