Confie na força das suas asas!

RITA BRAGATTO – Dia desses, o poeta Fabrício Carpinejar postou nas redes sociais: “Ao se apaixonar por alguém, pergunte sobre seus sonhos. Tão importante quanto o que a pessoa foi é descobrir o que ela ainda deseja ser.” Faz muito sentido, né? Uma pessoa sem sonhos é como um rio poluído: não tem vida! Estudos comprovam que enquanto sonhamos, uma energia positiva pulsa mais forte dentro de nós e nos nutre em todos os níveis: psíquico, espiritual, mental, emocional e econômico. O sonho acrescenta vida à nossa vida!

Eu adoro sonhar. Preciso de um objetivo pra sair da minha cama confortável toda manhã. Ter um norte. E como uma “sonhadora de carteirinha” eu aprendi que o sonho percorre cinco fases: a inspiração, a concentração, a organização, a implementação e a manutenção. O que isso significa? Que não basta ter “a cabeça nas estrelas”. É preciso ter os “pés no chão”. Bem ancorados para tornar nossos sonhos realidade. Também observo outros fatores que influenciam muito a decolagem dos sonhos. Vou comentar alguns deles:

_ESTEJA ABERTO(A) PARA O NOVO: é óbvio que a “roda da vida” gira no sentido de que temos de fazer coisas para sobreviver. Levantar. Trabalhar. Dormir. Mas a vida não se resume a isso. Eu sei, não é nada fácil romper com algumas crenças limitantes. Mas quem consegue dificilmente se arrepende. Já parou para observar? Tenho certeza que ao seu redor vai encontrar alguns exemplos positivos de quem “parou a engrenagem” e está bem feliz vivendo seu sonho!

_SE CONHEÇA: Tenha uma conversa franca com sua essência. Ouça o que alimenta sua alma. Invista energia em sonhos que façam sentido a você. Deixe que sua imaginação corra livre. Sem nenhum tipo de filtro. Sem censura. Não se imponha limites. Mas avalie, sem ilusões, os recursos que dispõe. Sonhar e não realizar é só um atalho para a frustração. Portanto, trace metas coerentes com a sua capacidade. Caso necessário, faça cursos. Se capacite. Precisamos ter recursos para passar da imaginação para a ação. Fortaleça suas asas antes de decolar!


_SEJA DISCIPLINADO(A): o processo criativo é como um músculo. A gente deve começar progressivamente. Criando pequenos projetos e, pouco a pouco, alçando voos mais longos e altos. Para isso, é preciso treino. Disciplina. Desde criar o hábito de abrir um espaço na agenda para pensar em novas possibilidades até aprender a mensurar os recursos, os riscos e tudo o que envolve o processo. Sonhos não foram feitos para serem criados somente em momentos roubados. Na folga do “dever”. A criação de sonhos deve ser um exercício consciente e constante.

_IDENTIFIQUE E ELIMINE SEUS SABOTADORES INTERNOS: diante dos sonhos é natural que os complexos psicológicos negativos se ergam, questionem seu valor, sua intenção, sua sinceridade e seu talento. Muitas vezes, eles vêm disfarçados daquelas velhas desculpas que dizemos para nós mesmos e para os outros: “Estou sem tempo”, “Um dia vou ter dinheiro para isso”, “Quando eu me aposentar”, “Quando meus filhos crescerem”….e tantas outras. Mas até quando você vai se apoiar nessas “muletas” e fingir pra si mesmo que está tudo bem? Vigie seus pensamentos, palavras e atitudes. E comece a caminhar em direção ao seu sonho!


_TENHA CORAGEM: uma boa ideia não é nada no papel, na gaveta. É preciso certa dose de coragem para sair da zona de conforto e colocar o pé onde não tem chão. Lembrei agora de um amigo muito querido que, quando soube que eu vinha morar na Europa me mandou uma mensagem dizendo: “nossa, tô me sentindo um bundão!” Fiquei surpresa com sua reação. Ele explicou: “sempre tive vontade de fazer isso, mas nunca tive coragem”. Eu respondi: “eu também sempre quis. Mas este ano eu quis com mais vontade.” Na verdade, hoje vejo que precisei – e preciso – mesmo de muita coragem para vencer meus medos!

_O SONHO É CONTAGIANTE E VICIANTE: gosto de pensar que nossos sonhos nunca são um movimento solitário. Eles nos inspiram e têm a capacidade de inspirar outros. Quem quer que seja tocado por ele, o escute, o sinta será alimentado. É contagioso. Ao realizar um sonho você mostra para você e para os outros que é possível e isso é um jeito bacana de motivar alguém a também sair da zona de conforto. Eu gosto muito da ideia de “incomodar positivamente” as pessoas.


_SAIBA LIDAR COM AS ADVERSIDADES e PERSISTA: muitas vezes, sonhamos e as coisas não saem exatamente como planejamos. Mas se o nosso sonho não nos deixa dormir é preciso persistir. Thomas Edison, um dos maiores inventores da humanidade, fez nada menos do que setecentas tentativas infrutíferas enquanto estava inventando a lâmpada incandescente.

Um dia, um dos seus auxiliares, desanimado com tantos fracassos, sugeriu a Edison que desistisse porque, depois de setecentas tentativas, não havia avançado. Ao que ele respondeu: “O quê? Avançamos setecentos passos rumo ao êxito final. Sabemos setecentas coisas que não deram certo. Estamos para além de setecentas ilusões que mantínhamos anos atrás e que hoje não nos iludem mais. E a isso você chama perda de tempo?”


_MANTENHA DISTÂNCIA DE PESSOAS TÓXICAS: sempre vai ter alguém para jogar um “balde de água fria” em nossos sonhos. Dizer que eles são inúteis. Impossíveis. Ou que nós somos incapazes. Ou que estamos loucos. Na maioria das vezes, estas pessoas fazem esta análise com base nos “óculos” com os quais elas enxergam a vida. São os filtros delas. Crenças delas. Escute e fique apenas com o que, realmente, faz sentido para você!

_CERQUE-SE DE BONS EXEMPLOS: conviva com pessoas que tenham o mesmo padrão vibratório que você ou superior. Pessoas que te inspirem, que te apóiem, que te elogiem. Todos nós precisamos de estímulos. Mas não dependa disso para seguir adiante.

E, por último: nunca se esqueça que teus sonhos te esperam na saída da tua zona de conforto. Portanto, vá com medo mesmo! Mas vá! Confie na força das suas asas e bons voos!

Rita Bragatto é psicanalista e jornalista
Email: rita.bragatto@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/rita.bragatto.escritora/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: