Ong internacional oferece apoio cultural à produção de documentário sobre o rio Sorocaba

Sandra Nascimento

No último dia 20 de dezembro, a equipe da Loja de Ideias Audiovisual (que desenvolve um documentário sobre o rio Sorocaba) recebeu a visita da embaixadora Alexandra Magalhães Zeiner, presidente da Associação Mulheres pela Paz – Frauen für Frieden e. V. Augsburg, que veio confirmar o apoio cultural da ong a esta produção.   

Sediada na Alemanha, a associação trabalha com o propósito de auxiliar mulheres que desenvolvem projetos culturais em várias cidades do mundo.

No Brasil, foram escolhidos três projetos para apoio ou reconhecimento:

  • Apoio ao “Poesia no Pano”, projeto com curadoria da executiva Vânia Camargos, de Indaiatuba.
  • Reconhecimento ao “ZumbiTECA”, projeto afro que visa a ascensão do negro na sociedade, idealizado por Tânia Henrique e Everton Souza, desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Jundiaí na Biblioteca Municipal Professor Nelson Foot.
  • Apoio a “Sorocaba, o rio que reviveu”, projeto de documentário sobre o rio Sorocaba, de responsabilidade da Loja de Ideias Audiovisual, Jornalismo e Edição Ltda.

A visita

No período em que permaneceu no Estado de São Paulo, entre 18 e 21 de dezembro, Alexandra participou de reuniões presenciais e virtuais nas várias cidades que visitou e conheceu lugares onde estão sendo desenvolvidas algumas atividades relacionadas aos projetos.

Em Sorocaba, os compromissos da embaixadora começaram logo pela manhã do dia 20, na sede da loja Dom Leopoldo Café, com o lançamento do “Café das Mulheres pela Paz”, marca Kaffee_art, que agora começa a ser vendido no Brasil, para que parte da renda seja revertida aos projetos “Poesia no Pano” e “Sorocaba, o rio que reviveu”.  

No começo da tarde, Alexandra visitou a Capela Senhor do Bonfim – João de Camargo, tendo como guia a professora de Filosofia Débora Priscila de Oliveira. O local foi escolhido pelo seu sincretismo cultural e por estar próximo ao córrego da Água Vermelha, importante afluente do rio Sorocaba.

Capela de João de Camargo

Um Encontro pela Paz aconteceu no Instituto Histórico de Sorocaba

Às 16 horas, a embaixadora participou de um Encontro pela Paz, ocorrido no Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba, onde foi recebida pelos seus diretores, professores Maria Dorotea Senger Cezar (vice-presidente) e Adilson Cezar (presidente).

Devido à pandemia do coronavírus, o encontro reuniu poucos participantes, mas foi marcado por discursos significativos, momentos de reflexão, um bate-papo descontraído e a envolvente apresentação do violeiro Zeca Collares.

Sobre História, rio e paz

Durante o evento, o professor Adilson Cesar, presidente do Instituto, explicou que um encontro dessa natureza acontecendo na sede do Instituto era de fundamental importância para demonstrar que a História é sempre a base fundamental das mudanças:

“Vocês estão abrindo este debate num dos lugares mais apropriados. Historicamente sabemos que precisamos fazer algo que conscientize o povo para que ele aprenda a preservar aquilo que o nosso rio Sorocaba representou no passado e que nós mesmos destruímos. Sejam todos muito bem-vindos.”

Por sua vez, a embaixadora Alexandra agradeceu e destacou: “A Associação Mulheres pela Paz tem o grande interesse de plantar sementinhas em cidades do além mar, porque a história, a cultura e a arte brasileiras são muito amadas na Alemanha.”

Houve entrega de certificados a todos os participantes.



Apoio

O movimento das mulheres pela paz conta com os seguintes apoios: Mehr Generationem Haus (Casa de Todas as Gerações), na Alemanha; Associação Mulheres pela Paz – Frauen für Frieden e.V. Augsburg; Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba; Kaffe_art (Alemanha); Fazenda Santo Antonio – café especial (Mococa/SP); Dom Leopoldo Café; Projeto Poesia no Pano (Indaiatuba), Projeto ZumbiTECA (Jundiaí), Arbeiter-Samariter-Burg Regionalverband Augsburg e. V. (Samaritanos, Alemanha); Loja de Ideias Produção Audiovisual Jornalismo e Edição Ltda.

Fotos: José Carlos Fineis
Legenda da foto principal: Córrego da Água Vermelha

Agradecimentos especiais: Associação Mulheres pela Paz – Frauen für Frieden e.V. Augsburg; Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba; Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Jundiaí
Colaboradores: Ana Júlia e José Finessi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: