Bico-de-lacre é um pequeno pássaro trazido ao Brasil a bordo de navios negreiros*

* Da Série Fauna do Sorocaba

Sandra Nascimento

Com cerca de dez centímetros de comprimento e pesando entre sete e dez gramas, o bico-de-lacre tem como principais características o bico vermelho, a cabeça acinzentada, o dorso escuro, a garganta esbranquiçada e o peito avermelhado.  

Suas asas alcançam até 14 centímetros de envergadura.

Espécie exótica, o bico-de-lacre vive perto de lagos e rios, em áreas urbanas ou agrícolas, normalmente, em bandos de seis ou sete indivíduos.

De origem africana, os bicos-de-lacre foram trazidos ao Brasil na época do imperador Dom Pedro I, para serem treinados como pássaros de estimação. Mas, escapando das gaiolas, espalharam-se pelo Rio de Janeiro e depois para diversas regiões do país.

Atualmente, podem ser encontrados passeando em parques, campos e pastagens. São vistos mais comumente nos estados do Piauí, Paraíba, Espírito Santo, Bahia, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina, entre outros.  

Curiosamente, em dias de sol, costumam se reunir em grupos de 20 ou de até 40 indivíduos, para banhos coletivos em poças de terrenos baldios e lajes, ou em fontes artificiais de praças e jardins.

Alimento

Bicos-de-lacre alimentam-se principalmente de sementes de gramíneas africanas, como o capim-colonião, o capim-elefante e o capim-gordura, introduzidos no país para a formação de pastagens.

Ninhos

A espécie gosta de construir ninhos em arbustos fechados, entrelaçando capim, algodão e penas.

Profundo e estreito, o ninho tem a forma oval ou esférica.

A fêmea põe três ovinhos brancos, que costumam ser chocados em até treze dias, pelo casal.

Nomes comuns

Esse pássaro é conhecido como biquinho, beijo-de-moça, bico-de-lacre-comum, bico-de-lata, bombeirinho, beijinho-de-moça, bico-de-fogo, bico-de-lápis e bico-de-lycra.

Nome científico: Estrilda astrild

Pássaros das fotos

Os pássaros desta página foram fotografados no Parque das Águas, em Sorocaba, pelo fotógrafo Edson Brandão, que gentilmente enviou as fotos para nossa equipe.

Referências: WikiAves (site); Observando as Aves nas Áreas Verdes de Sorocaba e Região (Guia de Campo de Luciano Bonatti Regalado)
Fotos: Edson Brandão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: