Justiça para todos ou Sentimento de Vendetta? – Parte II: Essa Juventude é assim mesmo!

Everson Pires (Blog Café Envenenado):

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é cafe-envenenado-1.jpg

Acaba a festa.

Open bar na Boate.

“Cinquenta conto” pra entrar.

Mulheres vinte. Budweiser, Stella Artois, Smirnoff ICE. Água.

DJ na área.

Camiseta - Alô Ambev no Elo7 | cuchitapie (B29891)

Solteiros sim, sozinhos nunca.

Moça bonita vai ao banheiro.

Menino interessado fica só “olhando”.

Ela gostou.

Olhar, admirar, sem faltar com o respeito é legal.

Namorado ciumento ficou na pista.

8 coisas que mais deixam os homens com ciumes – Fatos Desconhecidos

Bombado. Faz academia. Terceiro ano de Direito.

O Pai trabalha há anos em uma grande empresa.

Como todo o cidadão da classe média, veio de família humilde, entrou na mesma empresa que o pai trabalhava como auxiliar de produção. Estudou, esforçou-se, conquistou espaço na empresa, cresceu e chegou aos cargos de gerência e diretoria. Orgulha-se. Diz aos quatro ventos que “eu vim de baixo e cresci aqui dentro”! Realmente, cresceu lá dentro, menos por dentro. Seus preconceitos e sua autoafirmação aumentaram também. Em casa é um misto de liberal, quando quer mostrar-se o superior, o vencedor para os outros, mas conservador, quando está em meio às mazelas da sociedade.

– “Pessoa não faz nada pra crescer na vida” – diz, toda a vez que vê uma favela no telejornal.

Tem raiva das classes inferiores.

Machista, reacionário, pede a volta dos militares.

Vai à igreja. Contribui. Abraça os “irmãos” de cor…. dá status.

Canta no coral. Exemplo de pai.

O filho é moço bom.

É, mata aula pra ir no bar com os amigos.

Vai pra faculdade de carro. Faz suas extravagâncias. Coisas de jovem. Família classe média. Gente boa.

Menina bonita volta.

Rapaz interessado chega perto. Pergunta nome. Ela sorri e ignora.

Rapaz interessado pede o “Whats”.

Namorado ciumento vê. É ruim. Vem pra cima.

– “Calma cara, não sabia que ela tinha namorado”.

– “Calma o caracoles!”

Socos são trocados. Amigos “do namorado ciumento” entram na briga.

Segurança da boate vem. Apanha também. Porrada generalizada.

Garrafas arremessadas. Todos são postos para fora da boate. Briga na rua.

Mais briga. Mais socos. Violência gratuita. Polícia chega.

DESINTELIGÊNCIA. Um policial, junto com os amigos mais a namorada do ciumento fica do lado direito da rua.

Sermões. Aconselhamentos.

– “Se o Sr. quiser fazer o Boletim de Ocorrência, aconselho ir à delegacia. Por hora, esfrie a cabeça. Não vale a pena continuar esse perrengue!

Do lado esquerdo, o Dom Juan, com um pouco mais de hematomas que o ciumento, reclama.

Orgulho ferido.

Também aconselhado. Não vale a pena. Policial acalma a situação. Ambos juram “se trombar” depois.

Ciumento acelera seu carro 2014, modelo 2015, com rodas cromadas, rebaixado e sai provocando o “xavecador”.

Os amigos apaziguam o paquerador. Não vale a pena.

Ninguém foi preso. Situação acalmada.

Apenas uma DESINTELIGÊNCIA.

– “Os jovens de hoje são assim mesmo” – diz o segurança do clube.

– “Dois marmanjos brigando por causa de mulher, que bobagem”, diz o balconista do bar.

– “Ela nem é tão bonita assim”, diz alguma moça desejando que dois homens briguem por ela.

– “Humpf… sei da fama dela”, diz o recalque.

–  “Essa juventude está perdida”, dizem os populares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: