Como Temer e Bolsonaro estão tirando o arroz da mesa do pobre

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - O governo e a grande mídia têm feito o quanto podem para impedir que as pessoas entendam por que isso está ocorrendo. Não poderia ser de outra forma. Ambos são culpados por esse iminente desastre alimentar. O governo atua de forma incompetente e insensível; a grande mídia se acumplicia com tal realidade através do silêncio.

Navegações, escravidão e racismo

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - A escravização de populações da costa atlântica da África, predominantemente muçulmanas e negras, iniciou-se, com autorização papal, meio século antes de a frota comandada por Cabral, em navegação de Portugal para a Índia, apartar-se do seu rumo, derivar para o oeste e efetuar o achamento do Brasil. Essa a origem da escravidão negra neste país e do racismo estrutural que empesta e contamina as relações sociais aqui vigentes.

Casaldáliga foi exemplo de conversão enraizada na realidade

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Dom Pedro Casaldáliga, que o Brasil perdeu hoje, após prolongada enfermidade que, lá atrás, o impediu de, liberado de suas obrigações como bispo da Prelazia de São Félix do Araguaia, jogar-se no corpo a corpo missionário, foi uma lição viva de mudança interior ditada pelo estar plantado em meio à Amazônia e ao sofrimento e à marginalização dos peões, dos índios, dos pobres de todo o gênero, com uma visão especialmente sensível ao sofrimento da mulher, maior ainda que o de seus parceiros masculinos.

Só serve para o lixo

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Quando, ao retirar do pacote a primeira fatia de pão de forma, alguém constata que ela está mofada, a coisa mais sensata a fazer é jogar tudo no lixo. Ainda que a mancha visível seja pequena, seus prolongamentos já alcançaram, àquela altura, toda a primeira fatia e, possivelmente, também as demais, tornando-as perigosas ao consumo. O governo Bolsonaro é um grande pão mofado.

Gilmar não toma sopa fervendo

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Gilmar Mendes nasceu na cidade mato-grossense de Diamantino. Fundada nas primeiras décadas do século XVIII pelo bandeirante Gabriel Antunes Maciel, antes capitão mor da Vila de Sorocaba, foi assim batizada pelo achado, que ali se fez, de pedras preciosas.

Futuro ministro da Educação pensa em ressuscitar a Reforma Passarinho

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - No momento em que redijo esta nota, tem-se como certo que o presidente Jair Bolsonaro fixou-se, finalmente, no nome do secretário de Educação do Paraná e ex-executivo Renato Feder para ser o novo ministro da Educação. Integrante da equipe do governador Ratinho Jr., Feder chegou a conversar com o presidente, antes que este se fixasse no nome do prof. Carlos Alberto Decotelli, que pediu demissão após denúncias de incoerências em seu currículo.

Quando o filme salta da tela

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Pouca gente sabe que o comendador Pereira Inácio, futuro proprietário da Fábrica Votorantim – que deu origem a um dos maiores grupos empresariais do país – construiu sua fortuna em Boituva, à frente de um grande armazém, cuja localização estratégica lhe permitia habilitar-se como fornecedor de diferentes gêneros às cidades que, com a expansão ferroviária, iam brotando ao longo dos trilhos da Sorocabana e da Noroeste.

Um coronel bom de samba

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Em 16 de abril do ano que vem completam-se os cem anos de nascimento, no Rio de Janeiro, cidade em que também faleceu em 1996, de Antônio de Pádua Vieira da Costa, integrante da Força Expedicionária Brasileira, que, como tenente de infantaria, participou de combates na Itália e, como músico, compôs o Hino da Academia Militar das Agulhas Negras, até hoje executado nas solenidades daquela instituição.

Abaixo a ditadura! Hoje e sempre

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Acompanhando no Youtube as manifestações antifascista e anti racistas de domingo, na avenida Paulista, surpreendi-me ao ver, entre as faixas portadas por jovens militantes, uma assinada pelo movimento Liberdade e Luta. Ela me levou de volta, em pensamento, a algo que aconteceu comigo, no final da década de 1970, no dia em que, como substituto do prof. Kardec Pinto Vallada, eu iniciava a minha primeira aula de Jornalismo Especializado II para os alunos de graduação da ECA/USP, na Habilitação de Jornalismo.

A precificação da vida humana

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Em fevereiro, quando a epidemia do corona vírus ainda não se iniciara em nosso país, o presidente afirmou que pessoas portadoras de HIV, além de serem um problema sério para si mesmas, geram “uma despesa para todos no Brasil”.

Eutanásia do Viola desrespeita a cultura regional

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Um dos programas mais longevos e de público mais fiel da Rede Cultura – o Viola, Minha Viola – completa, no dia 25, quarenta anos no ar. Infelizmente, não há o que festejar, pois o Viola está sofrendo um processo de eutanásia. Submetido a constantes mudanças de horário passou agora a ser...

Pandemia cala Aldir, letrista maior da música brasileira

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio)- Vítima do coronavírus, morreu, aos 73 anos, o poeta Aldir Blanc, um dos maiores letristas da música brasileira, a quem devemos peças como O Bêbado e o Equilibrista, que, na voz de Elis Regina, se tornaria o hino da anistia que marcou o começo do fim da ditadura militar instaurada em 1964....

Rubem e Gumercindo

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Em 1963, então com 21 anos, por conta da aposta mais louca que Vitor Cioffi de Luca fez em sua vida de editor de jornais, troquei meu emprego de segunda a domingo na Rádio Cacique pela incumbência de produzir as seis edições semanais do Diário de Sorocaba. Nunca havia trabalhado numa redação...

China começou a reescrever a história da pandemia

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Em outubro de 2019, em Wuhan, na China, foram realizados os 7° Jogos Mundiais Militares de Verão, promovidos pelo Conselho Internacional do Esporte Militar. O Brasil participou com 352 atletas, militares de carreira, na sua maior parte, integrantes do Programa de Atletas de Alto Rendimento (PAAR) do Ministério da Defesa.

As pontes do Gualberto e a histeria da direita

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - O sorocabano que transita pela avenida Dom Aguirre, do início ao fim, pode facilmente avaliar a importância de três pontes que, a partir delas, cruzam o rio Sorocaba na altura de Pinheiros, da Castelinho e do Pinga-Pinga. O que poucos sabem é que não foram construídas com recursos da... Continuar Lendo →

Lá se foi a autoridade

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - O exercício da governança, seja em que campo for, se apoia sobre dois pilares. Um deles, de natureza jurídico-política, é a investidura. Esta, em se tratando de cargo eletivo, se faz pela via da eleição e diplomação e, quando envolve a designação de um agente político – ministro de Estado, secretário, assessor – promana do decreto de nomeação...

Sem domésticas na Disney

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Confiada às mãos do ministro Paulo Guedes, a política econômica do governo Bolsonaro está fadada ao fracasso. A razão é simples. Ela teima em ignorar o dado essencial da realidade brasileira: o crescimento do Produto Interno Bruto do país se alicerça sobre o consumo das famílias e este, ao longo dos anos em que seremos governados pelo capitão, só tende a encolher.

Silêncios e omissões cercam a morte do miliciano Nóbrega

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Considerado uma testemunha da maior importância para a elucidação dos fatos que precederam e seguiram aos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Franco, que conduzia o carro em que ela se encontrava, o miliciano e ex-capitão da PM fluminense Adriano da Nóbrega foi abatido a tiros numa fazenda do interior da Bahia por soldados da PM daquele Estado, num episódio envolto em circunstâncias muito estranhas. Em audiência na Câmara dos Deputados, o ministro Sérgio Moro admitiu que o miliciano aliado dos Bolsonaro foi assassinado.

Duplicação da Raposo é demorada e multiplica situações de risco

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - O contrato pelo qual o governo do Estado de São Paulo concedeu à ViaOeste o direito de cobrar pedágio sobre os veículos em trânsito pelo trecho entre os km 34 (Cotia) e 115,5 (Araçoiaba da Serra) foi assinado em 1999, durante o primeiro mandato de Mário Covas (PSDB) como governador de São Paulo. Continue lendo...

O dia em que ajudamos Teixeirinha a chegar ao sucesso

GERALDO BONADIO - Teixeirinha (1927/1985) foi um dos cantores e compositores de maior sucesso do Brasil. Começou quando os discos ainda eram produzidos em 78 rotações, enveredando, em seguida, pelo mundo nascente do vinil. Foi também o responsável pelo surgimento de um polo cinematográfico, em seu Estado natal, o Rio Grande do Sul, no qual... Continuar Lendo →

Ele tinha 13 anos e ela tinha 12

GERALDO BONADIO - Então se descobriram envolvidos numa paixão daquelas que a gente só experimenta nos verdes anos. Os pais dele e dela concordaram e o casamento ficou acertado, devendo consumar-se dentro de um ano, ao longo do qual, sem coabitar, continuariam vivendo com seus familiares. Só que o Deus Eterno interferiu e, de uma... Continuar Lendo →

A escolha do rabino

GERALDO BONADIO - Henry Sobel, que há poucos dias morreu, nos Estados Unidos, vitimado pelo câncer, tinha pouco mais de trinta anos quando, em outubro de 1975, exercendo o rabinado na Congregação Israelita Paulista, precisou decidir em que lugar do cemitério da comunidade judaica paulista, seria sepultado o corpo de Vladimir Herzog. A questão era... Continuar Lendo →

Demasias presidenciais

GERALDO BONADIO - No trânsito de nosso país morrem ou sofrem mutilações terríveis, a cada ano, um número de pessoas maior do que as vitimadas em vários conflitos armados que sacodem o planeta. A quantidade de brasileiros não envolvidos diretamente no ato de dirigir – não conduziam veículo, nem eram passageiros, mas foram destroçados ou... Continuar Lendo →

Ordenação de homens casados exprime a misericórdia da Igreja face às comunidades católicas da Amazônia

GERALDO BONADIO - Nada justifica o escândalo de alguns ante a sugestão do papa Francisco, aos bispos reunidos no Sínodo da Amazônia, de se ordenar, como sacerdotes, homens casados, com longa e comprovada experiência como maridos e pais. Além de atender as necessidades religiosas dos ribeirinhos e indígenas que povoam a região, eles seriam inspiração... Continuar Lendo →

A Revolução de 1924 e a fundação do Sorocaba Clube

GERALDO BONADIO - Dia 9 de novembro, pela manhã, a Academia Sorocabana de Letras realizará uma sessão solene no Sorocaba Clube, que naquela data, completa 93 anos de fundação. Parece estranho - dada a natureza absolutamente pacífica da agremiação, hoje presidida pelo memorista piedadense Benedito Maciel de Oliveira Filho -, mas ele é um desdobramento... Continuar Lendo →

Sorocaba conheceu a fotografia através de artistas ambulantes

GERALDO BONADIO - Há 180 anos, em Paris, Louis Jacques Mandé Daguerre (1787-1851) tornava público o desenvolvimento do primeiro sistema comercialmente viável de captar imagens da realidade circundante, fixando-as sobre uma determinada superfície quimicamente tratada de metal, vidro e, mais adiante, papel. O daguerreotipo, como se tornaria conhecido, resultava de pesquisas do próprio Daguerre e... Continuar Lendo →

Um retrato do centro de Sorocaba em 1914

GERALDO BONADIO - Graduado em Direito (FKB) e jornalismo (Uniso), o pesquisador tatuiense Renato Ferreira de Camargo (1939/2012), escreveu e editou um importante conjunto de obras, focadas na história de sua cidade natal. Sócio correspondente da Academia Sorocabana de Letras, colaborou, de forma sempre generosa, com pesquisadores desta cidade. Cabe-lhe, inclusive, o mérito de haver... Continuar Lendo →

Elisa Gomes

GERALDO BONADIO - Elisa Cristina Gomes, que Sorocaba perdeu no final de semana, foi uma das mais importantes heroínas quase anônimas da luta pela reconstitucionalização do Brasil e instauração de uma sociedade fundada na dignidade das pessoas, sem preconceitos de espécie alguma, e na igualdade de oportunidades. Ao Estado Democrático de Direito, como o define... Continuar Lendo →

Praxes de Bolsonaro são mais velhas que o Brasil

GERALDO BONADIO - Algumas pessoas a quem respeito acreditam que Bolsonaro representa o novo na política brasileira. Isso me entristece. Ele, na verdade, encarna algo bem mais velho que o Brasil: o patrimonialismo que, no início do segundo milênio, presidiu a formação do Estado português. Sem descer a detalhes, o chefe, no Estado patrimonialista, exerce... Continuar Lendo →

Carolinas

GERALDO BONADIO - Na vida das pessoas, mede-se o tempo por anos, no máximo, décadas. No das nações e dos estados, por séculos e, às vezes, milênios. Daí a surpresa, justificada, com que o Ocidente, após quinhentos anos de dominância global, vê aproximar-se, em velocidade acelerada, o instante em que o bastão da liderança será,... Continuar Lendo →

Fale alto e fale forte antes que roubem a sua voz

GERALDO BONADIO - Bolsonaro mudou a composição do órgão que, no Ministério dos Direitos Humanos, tem a missão de investigar os crimes da ditadura militar (1964/1985) contra quem a ela se opôs. A alteração foi da água para o vinho: a tarefa de representar a Câmara, no colegiado, exercida anteriormente pelo combativo deputado Paulo Pimenta... Continuar Lendo →

Quem desrespeita o luto se aparta da humanidade

GERALDO BONADIO - O trabalho de Michelangelo, na Capela Sistina, encanta pela sua grandiosidade e nos revela a profundidade de seu comprometimento com a arte, comprometimento esse em função do qual passou anos deitado sobre tábuas, num cavalete a muitos metros do solo, delineando e detalhando as cenas, que a partir daquele momento, vêm empolgando... Continuar Lendo →

Uma noite que não tem mais fim

GERALDO BONADIO - Não votei nele. Razões para isso não faltavam. Qualquer pessoa cujo raciocínio crítico estivesse funcionando à época as teria percebido. Infelizmente, a maioria desligou aquela função essencial e se deixou levar por medos e rancores infundados. Como dele não esperava e não espero nada de bom, imaginei que não me espantaria com... Continuar Lendo →

Mata mato e mata gente

GERALDO BONADIO - A Monsanto, empresa química originariamente norte-americana e hoje pertencente ao grupo alemão Bayer, vem colecionando ações judiciais (mais de 13 mil até agora) e condenações por conta do entendimento, dos juízos e tribunais daquele país, de que um dos agrotóxicos mais populares produzidos pela empresa, hoje principalmente em unidades sediadas na China,... Continuar Lendo →

A nova normalidade brasileira

GERALDO BONADIO - Como o império da moralidade foi plenamente restaurado em nosso país, a contar de 1º de janeiro, os brasileiros desfrutam hoje de uma normalidade totalmente nova. Exatamente pela sua novidade, ela, por vezes, surpreende velhos e empedernidos corruptos do PT, incapazes de entendê-la. O presidente da República viajou ao Japão, país em... Continuar Lendo →

Sorocaba pode voltar a ser a capital dos hospícios

GERALDO BONADIO - A depender do governo federal, Sorocaba retomará, em curtíssimo prazo, a pouco honrosa condição de maior polo manicomial do Brasil que, em seu apogeu, somou sete hospitais e mais de 2.700 pacientes. Às diretrizes emanadas do Ministério da Saúde, que abriram caminho para o retorno à ampla utilização do tratamento de choque... Continuar Lendo →

Um tal de D’Abreu Medeiros

GERALDO BONADIO - A rua D’Abreu Medeiros, de pouca expressão em nosso sistema viário, começa na avenida São Paulo e tem dois quarteirões. O primeiro se estende até à rua João Ferreira da Silva; o segundo se prolonga dali até um estreito pontilhão sob as linhas da velha Estrada de Ferro Sorocabana que, em sua... Continuar Lendo →

Aplausos só para quem mata

GERALDO BONADIO - Guararema, um dos municípios mais tranquilos e menos povoados da Grande São Paulo, foi escolhido, há poucos dias, como alvo de uma quadrilha especializada em assaltos a agências bancárias. Apoiados num meticuloso trabalho de planejamento, o grupo, como de hábito, mobilizou uma equipe fortemente armada e desfechou o golpe. Desta vez, porém,... Continuar Lendo →

Herdeiros de Guerrero

GERALDO BONADIO - No início do século XX, os Estados Unidos, atentos à sua condição de país cujas fronteiras, a leste e oeste, são os oceanos Pacífico e Atlântico, estavam determinados a rasgar um canal para interligá-los. Isso lhes permitiria duplicar, na prática, seu poderio militar naval e alavancar os interesses econômicos de suas empresas.... Continuar Lendo →

O dia em que eu vi o Jango

GERALDO BONADIO - Há sessenta anos o Brasil se preparava para realizar, em outubro, na maioria dos seus 21 Estados, eleições para governador, vice (votado separadamente), um senador e deputados federal e estadual. São Paulo era governado por Jânio Quadros que, com uma coligação de centro direita, tentava eleger, como sucessor, seu Secretário da Fazenda,... Continuar Lendo →

A terra dos castos

GERALDO BONADIO - As lideranças brasileiras – civis, religiosas, administrativas – reagem de forma irada a qualquer iniciativa das autoridades da saúde pública ou da educação que, partindo da constatação que a população brasileira tem corpo, intentam, de alguma forma, fornecer aos adolescentes algum tipo de informação fundamentada sobre as funções sexuais. Não há nada... Continuar Lendo →

Acima ↑