Elisa Gomes

GERALDO BONADIO - Elisa Cristina Gomes, que Sorocaba perdeu no final de semana, foi uma das mais importantes heroínas quase anônimas da luta pela reconstitucionalização do Brasil e instauração de uma sociedade fundada na dignidade das pessoas, sem preconceitos de espécie alguma, e na igualdade de oportunidades. Ao Estado Democrático de Direito, como o define... Continuar Lendo →

Praxes de Bolsonaro são mais velhas que o Brasil

GERALDO BONADIO - Algumas pessoas a quem respeito acreditam que Bolsonaro representa o novo na política brasileira. Isso me entristece. Ele, na verdade, encarna algo bem mais velho que o Brasil: o patrimonialismo que, no início do segundo milênio, presidiu a formação do Estado português. Sem descer a detalhes, o chefe, no Estado patrimonialista, exerce... Continuar Lendo →

Carolinas

GERALDO BONADIO - Na vida das pessoas, mede-se o tempo por anos, no máximo, décadas. No das nações e dos estados, por séculos e, às vezes, milênios. Daí a surpresa, justificada, com que o Ocidente, após quinhentos anos de dominância global, vê aproximar-se, em velocidade acelerada, o instante em que o bastão da liderança será,... Continuar Lendo →

Fale alto e fale forte antes que roubem a sua voz

GERALDO BONADIO - Bolsonaro mudou a composição do órgão que, no Ministério dos Direitos Humanos, tem a missão de investigar os crimes da ditadura militar (1964/1985) contra quem a ela se opôs. A alteração foi da água para o vinho: a tarefa de representar a Câmara, no colegiado, exercida anteriormente pelo combativo deputado Paulo Pimenta... Continuar Lendo →

Quem desrespeita o luto se aparta da humanidade

GERALDO BONADIO - O trabalho de Michelangelo, na Capela Sistina, encanta pela sua grandiosidade e nos revela a profundidade de seu comprometimento com a arte, comprometimento esse em função do qual passou anos deitado sobre tábuas, num cavalete a muitos metros do solo, delineando e detalhando as cenas, que a partir daquele momento, vêm empolgando... Continuar Lendo →

Uma noite que não tem mais fim

GERALDO BONADIO - Não votei nele. Razões para isso não faltavam. Qualquer pessoa cujo raciocínio crítico estivesse funcionando à época as teria percebido. Infelizmente, a maioria desligou aquela função essencial e se deixou levar por medos e rancores infundados. Como dele não esperava e não espero nada de bom, imaginei que não me espantaria com... Continuar Lendo →

Mata mato e mata gente

GERALDO BONADIO - A Monsanto, empresa química originariamente norte-americana e hoje pertencente ao grupo alemão Bayer, vem colecionando ações judiciais (mais de 13 mil até agora) e condenações por conta do entendimento, dos juízos e tribunais daquele país, de que um dos agrotóxicos mais populares produzidos pela empresa, hoje principalmente em unidades sediadas na China,... Continuar Lendo →

A nova normalidade brasileira

GERALDO BONADIO - Como o império da moralidade foi plenamente restaurado em nosso país, a contar de 1º de janeiro, os brasileiros desfrutam hoje de uma normalidade totalmente nova. Exatamente pela sua novidade, ela, por vezes, surpreende velhos e empedernidos corruptos do PT, incapazes de entendê-la. O presidente da República viajou ao Japão, país em... Continuar Lendo →

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑