A raiz peninsular dos molhos carbonara e pesto, as pastas e os vinhos certeiros para devorá-los em casa nestes dias gelados de quarentena

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Nestes mais de cem dias de quarentena e de isolamento social por conta da Covid-19, muita gente buscou reinventar-se nestes tempos de clausura doméstica, a começar pelo trabalho de home office. Já nas horas livres, alguns foram estudar, ler ou reler livros, ouvir boa música. Outros, ainda, foram curtir algum tipo de hobby, como resgatar ou descobrir o prazer de cozinhar.

Descubra a origem do milho e das festas juninas, tradição paulista e brasileira em que o versátil e festejado grão dourado vira o rei à mesa

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Onipresente à mesa nesta época do ano, o milho reina absoluto nas festas juninas. Imediatamente ele é associado às tradições dos santos mais comilões e festeiros do catolicismo. Embora as comemorações deste ano não possam reproduzir a atmosfera de confraternização e alegria das quermesses por conta da quarentena, vale a pena sentir todos os sabores juninos feitos a partir desse grão ancestral de origem mexicana, que é uma preciosa contribuição alimentar e cultural do Novo Mundo às diferentes culinárias do planeta.

Para brindar a lei de socorro à Cultura e matar saudades do imenso Aldir Blanc e seu legado, uma geladinha e um whisky com guaraná, por favor

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Em meio à pior crise de políticas públicas de investimentos em Cultura e Educação, inserida no cenário mais mortal da pandemia da Covid-19 no país, um tributo obrigatório a um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos. Falecido há exatos 34 dias, vítima da Covid-19, o genial Aldir Blanc, que em vida já caminhava sobre as águas ao lado de outros titãs imortalizados pela Bossa Nova, como Tom Jobim, Vinicius de Morais e João Gilberto, agora batiza a nova lei que auxiliará emergencialmente os artistas durante a quarentena. Para ler o artigo na íntegra e ouvir algumas de suas belas canções, clique no título ou na foto.

Sinônimo de inverno, a recém-colhida safra do pinhão faz salivar os fãs da semente da pinha na estação mais fria do ano e nos festejos juninos

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - “Pinhão quentinho! / Quentinho o pinhão! / E tu bem juntinho / Do meu coração”. Assim como os versos do poeta e escritor gaúcho Mario Quintana, o saboroso fruto da araucária, ao lado das baixas temperaturas nestes últimos dias, anteciparam a chegada do inverno na região e o gostinho das festas juninas, onde ele é um dos protagonistas à mesa. Com os termômetros flertando esta semana, entre os 12º C e 18ºC, é hora de colocar para cozinhar essa delícia típica da estação e desfrutá-la em várias receitas. Para ler este artigo e outras dicas do blog, clique no título ou na foto acima.

Nesta quinta (28/5), dia mundial do hambúrguer, saiba quem criou e porque o maior ícone fast-food se gourmetizou e virou mania planetária

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Embora tenha virado sinônimo de comida norte-americana na cabeça de muita gente graças à globalização dos sanduíches padronizados feitos a jato pela rede do palhaço Ronald McDonald, a criação do hambúrguer, tão apreciado nos dias de hoje em todo lugar do planeta, é bem, bem antiga... Para ler este artigo na íntegra, clique no título ou na foto.

Originária de Bordeaux, a Malbec virou uva-símbolo da Argentina, onde ganhou um dia só dela (17/4), data em que é festejada no mundo todo

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Mesmo em tempos de isolamento social, acontece nesta 6a. (17), no Brasil e em vários países, o tradicional Malbec World Day. Por aqui, as importadoras e sites de vinhos têm feito promoções de rótulos que levam essa variedade de uva, além de lives com produtores estrangeiros e enólogos brasileiros. Caso, por exemplo, do argentino Alejandro Vigil, enólogo-chefe da premiada Catena Zapata e dono da vinícola-butique El Enemigo, em Mendoza, que a partir das 19h30 estará ao vivo conversando com os consumidores brasileiros. Leia o post completo e confira esta e outras dicas de rótulos de boa relação custo-prazer.

No adeus a Moraes Moreira, o ziriguidum e os sabores da terra de um velho Novo Baiano

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Um multi-instrumentista irrequieto, trieletrizado. Um compositor porreta, de talento puro. Além de um letrista inventivo e pra lá de original, cujas canções mesmerizaram multidões, entre as décadas de 70 e 90, auge de sua longeva trajetória musical, caindo literalmente na boca do povo. Cantor de voz lépida e contagiante, Antônio Carlos Moraes Pires, ou simplesmente Moraes Moreira (1947-2020), pegou hoje desafortunadamente aquele disco voador rumo à Eternidade... Para continuar lendo este artigo, clique na bela homenagem do cartunista Dolá ou no título do post.

Santo vinho! Da Itália vem a tradição do cantucci no vin santo, ritual que no país da Bota, hoje epicentro da pandemia, marca a data máxima do cristianismo

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Na Páscoa que se avizinha, tão diferente de todas aquelas que já vivemos, conheça o ritual dos biscoitinhos cantucci embebidos no vin santo. Recordação amorosa dos meus antepassados emigrados da região de Trentino-Alto Ádige, esta é uma tradição pascal da Toscana, que eu conto aqui, no blog, numa homenagem às famílias das milhares de vítimas do coronavírus não só do país da Bota mas do Brasil e do mundo. Que o sabor desta tradição peninsular vivida em família, bem como a esperança de nos reencontrarmos em breve em torno da mesa, adoce um pouco a rotina do nosso isolamento, suavizando mesmo que por um instante o temor e as sombras dos tempos atuais. Para ler o texto na íntegra, clique no título ou na imagem acima. E que seja uma Páscoa de esperança pra todos nós.

Acima ↑