Um olhar sobre nossas convicções

NILSON RIBEIRO - Por que eu tenho que estar certo? há algo de patético em todos nós. Por algum caminho absorvemos cultura, informação, conceitos. Depois, a partir disso, formamos nossas opiniões e convicções. E, depois, procuramos desesperadamente maneiras de sustentá-las. Sejam elas religiosas, políticas, comportamentais, sociais ou uma simples receita de espaguete. Quando estamos convictos... Continuar Lendo →

Urucum, o tempo e a vida real

NILSON RIBEIRO - Quer saber como viver plenamente a vida? Não precisa perguntar a algum guru da moda... Recentemente, me deparei com minha amiga Celi, cozinheira que nos ajuda por aqui, descascando e pilando algumas sementes de urucum, aquela bem vermelhinha, da qual se faz tinta e o colorau para dar vida às receitas. Sou... Continuar Lendo →

O Sagrado na louça da pia

NILSON RIBEIRO - Um anjo passou por aqui e quero compartilhar o “insight”, o ensinamento que ele me deixou. "Insights" costumam significar um vislumbre da “verdade”, ou da “Graça”, como quiserem, e que amadurecem a maneira que vemos e vivemos a vida. Pois bem. Depois de um domingo cansativo, eu estava me preparando para ir... Continuar Lendo →

Sem o lúdico, nem somos humanos

NILSON RIBEIRO - Como humanos, somos seres complexos. Na forma biológica e na latente necessidade de buscar respostas, sejam elas nos dadas pelas vias intelectuais e científicas ou pela espiritualidade. Mas necessitamos visceralmente de sorver a essência lúdica para não sucumbirmos à aridez desértica que nos impõem nossas próprias questões eternas. É preciso encarar bravamente... Continuar Lendo →

“Quanto a mim, só conheço milagres”

NILSON RIBEIRO - Aconteceu numa tarde dessas. Eu estava em casa com Arthur, meu menino, quando deu a hora da soneca dele. Contei uma história e ele logo adormeceu. Como eu estava por conta de cuidar do meu pequeno, fiquei no quarto, velando o sono do meu filho. Velar é uma palavra linda. É tornar-se... Continuar Lendo →

Lição de filho para pai

NILSON RIBEIRO - Por quase todas as manhãs tenho o privilégio de ficar sozinho algumas horas com Arthur, hoje com seis anos. Este episódio aconteceu quando meu pequeno ainda tinha menos de dois anos. Estávamos no sítio onde moramos. Como outras vezes, naquela manhã só eu e ele. Mônica dá suas aulas nesse período e... Continuar Lendo →

O bom pastor: estamos sempre em boas mãos

NILSON RIBEIRO - Segunda de manhã. Sol e tempo agradável. Depois de uma boa chuva, o verde da relva está mais viçoso... Eu e meu filho Arthur, de seis anos, fazíamos nossa vigília matinal pelo pasto, dando bons dias às vacas e cavalos, passarinhos e borboletas. Nosso ritual matinal de estar presente na vida. Súbito,... Continuar Lendo →

É hora de aceitar o convite da vida!

NILSON RIBEIRO - Dia desses participei de uma atividade do Teatro do Oprimido. Dessas coisas que gosto de ousar para abrir portas criativas na minha vida. Há sempre algo o que aprender quando fazemos coisas que nos tiram da zona de conforto. Em certo momento, uma das atrizes vem em minha direção, faz contato visual... Continuar Lendo →

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑