Quantos filmes você já assistiu na sua vida? Nove.

FREDERICO MORIARTY - Vladimir Propp, linguista russo, lança em 1928 (no Brasil chegou 50 anos depois), a Morfologia do Conto Russo. Estudou mais de 100 contos maravilhosos de várias épocas da Rússia. Encontrou em sua estruturas internas. São 7 personagens que se repetem: o herói, o falso herói, o antagonista, o doador, o auxiliar, o... Continuar Lendo →

Os muitos tons do branco

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) O mal sem culpa, como parte do cotidiano. Esse é o personagem principal do filme “A Fita Branca” (Título original: Das weiße Band - Eine deutsche Kindergeschichte; produção: Alemanha / Áustria). Lançado em 2009, seu enredo traz certo estado de coisas que pode ser comparado a diversos... Continuar Lendo →

O panda zen

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) – Alguns programas destinados ao público infantil são um refúgio para quem deseja ligar a TV para relaxar e deixar de pensar, pelo menos por alguns minutos, no periclitante estado de coisas pelo qual passamos, com pandemia, governo leviano e incapaz, e cotidiano difícil. Um desses é... Continuar Lendo →

A música da alma

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - Depois de meses, volto a escrever aqui neste blog Todas as Telas. A vida ficou meio desorganizada com a pandemia de covid-19. Mas embora o vírus ainda esteja por aí (em alguns lugares mais forte do que nunca), a vida segue. Com distanciamento e todos os... Continuar Lendo →

O nome da rosa: o medo do conhecimento, das heresias e do riso.

MARCELLO FONTES (Blog Em toda e em nenhuma parte) - A já clássica obra de Umberto Eco, "O nome da Rosa", recentemente adaptada agora para minissérie pode nos trazer lições de como enfrentar muitos medos que ainda persistem atualmente e ressaltar a luta pela liberdade de pensar, sentir e exprimir-se, bem como a necessidade de uma perspicácia para desmistificar tudo aquilo que não se sustenta como verdade factual e lógica, a desconstrução de convenções, não para necessariamente destruí-las, mas para deixar claro que são apenas isso, nomes, acordos e pactos, não realidades intocáveis.

Projeto de documentário sobre o rio Sorocaba recebe apoio da Associação Mulheres pela Paz – Frauen für e V. Augsburg

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba Conta Histórias) - “Sorocaba, o rio que reviveu”, o projeto de produção de um documentário sobre o rio Sorocaba, que tem neste blog o seu porta-voz, recebeu recentemente o importante apoio da Associação Mulheres pela Paz - Frauen für e V. Augsburg, por meio de sua coordenadora e embaixadora da paz na Alemanha (pelo Círculo Universal dos Embaixadores da Paz Suíça/França), Alexandra Magalhães Zeiner.

Love Story. A mais triste das histórias de amor do cinema faz 50 anos

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Erich Segal era um atleta regular. Em 1964 teve seu melhor resultado na Maratona de Boston. Terminou em 64° lugar com o tempo de 2h56'. Tornou-se professor de grego e latim clássico na Universidade de Harvard. Seu doutorado foi sobre Plauto. Pra melhorar a renda escrevia roteiros e tentava vendê-los para Hollywood...

Pretty Woman: ‘Uma linda mulher’ faz 30 anos

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Filmes comerciais são sempre execrados e achincalhados. "Uma Linda Mulher" era machista (hoje seria tachado de sexista) e inverossímel. Como acreditar no amor entre um lindo bilionário, frio e calculista, e uma prostituta de rua e do baixo meretrício, com suas falas grosseiras e roupas obscenas.

Racismo e contexto

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - O clássico filme “…E o Vento Levou”, de 1939, foi recentemente retirado da plataforma de streaming pela HBO, por ter sido alvo de polêmica nos Estados Unidos, depois da morte de George Floyd, que fez aflorar discussões sobre racismo no mundo todo. Queria fazer um convite para que pensemos juntos se essa é uma ação louvável ou mesmo necessária. Entendo o valor de certas revisões históricas, em casos extremos. Afinal, não convém permitir que membros de grupos de supremacia branca saiam por aí empunhando bandeiras nazistas. Seria por demais desrespeitoso a todos aqueles que sofreram em consequência dessas ideias execráveis, além de pernicioso para toda a sociedade, pela própria disseminação do ódio embutido nas ideias.

Tigres, poligamia, intrigas. E lantejoulas.

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - Comecei a ver “A Máfia dos Tigres”, na Netflix, pelo interesse nos felinos. Como muita gente, sou absolutamente fascinada pela graça, beleza, pragmatismo e modo de viver dos gatos grandes e pequenos. A cena mais bela que já vi na vida foi protagonizada por uma família de leões, em um...

Além do Bem e do Mal: Caim e Abel na obra de John Steinbeck

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Adão e Eva primeiro tiveram dois filhos, Caim e Abel. O primogênito arava a terra e o caçula cuidava dos rebanhos. Caim entregou a Deus o fruto do seu trabalho em dádiva. Já Abel entregou-lhe um bezerro. O senhor recebeu o novilho com regozijo e menosprezou os frutos de Caim. Rejeitado por Deus, ele...

Em casa, refletindo sobre a desigualdade

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - A pandemia de coronavírus levou um coletivo sem fins lucrativos (como este Terceira Margem) de Copenhagen, na Dinamarca, criar o festival “Locked In Film Festival (A Film Festival In Quarantine)”, de curtas sobre diversas formas de morar, para celebrar o confinamento ao qual todos estamos submetidos. Em nome do...

Vamos adiar o fim do mundo?

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - Aquecimento global, novo corona vírus, governo ensandecido e injusto... tem dias em que nem parece tão ruim a ideia da completa extinção dos humanos na Terra. Mas em outros, quando a vida parece melhorar, a gente percebe que ainda é possível rir, tomar chuva (eu gosto),... Continuar Lendo →

Goodbye, fellows

RUBENS NOGUEIRA (Blog Antes que me Esqueça) - Entre celebrações e lamento, o império britânico deixou de existir. A famosa bandeira continuará a ser iluminada onde existir a luz do Sol, mas a União Européia perdeu 60 milhões de habitantes. Se pudesse ter escolhido eu teria nascido em alguma aldeia da Ilha, mas de modo especial estou ligado à velha Albion.

Filmes franceses de graça

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - Hoje queremos apenas deixar a dica sobre uma plataforma gratuita de filmes franceses, a SPCine Play. Até 16 de fevereiro ficam disponíveis ali 26 títulos franceses que integram o My French Film Festival. Há curtas e longas metragens na seleção que pinçou filmes da produção francesa contemporânea. Eu disse gratuita? Bem, quase de graça. Não custa dinheiro, mas você terá que pagar com dados pessoais.

Entusiasmo na medida certa

LÚCIA HELENA CAMARGO (Blog Todas as Telas) - Oi, leitor (sim, singular), desculpe a ausência por semanas. Voltei. Como todo mundo já falou dos grandes filmes e das temporadas de premiações, o assunto aqui será uma série antiga, que acabo de começar a assistir, “Curb Your Enthusiasm”. Como fã de “Seinfeld”, não sei porque demorei tanto a começar, já que ambas foram criadas por Larry David. Em “Seinfeld” ele assina como co-criador (juntamente com Jerry Seinfeld), além de roteirista, diretor e produtor. ..

Surreal à francesa

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - As viagens no tempo atiçam a imaginação. Quem nunca fantasiou sobre como teria sido viver em uma época no passado ou teve vontade de avançar ao futuro, para espiar como as pessoas vão viver daqui a alguns anos, séculos, milênios? A série francesa “Era uma Segunda Vez” (Netflix) mistura essa... Continuar Lendo →

Lavando dinheiro em água morna

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Com elenco estelar encabeçado por Meryl Streep, “A Lavanderia” (Laundromat, Estados Unidos, 2019), dirigido por Steven Soderbergh, é uma comédia sobre o escândalo financeiro que ficou conhecido como Panamá Papers, que envolvia lavagem de dinheiro, desvios monumentais de recursos e muita, muita falcatrua. No Brasil nos acostumamos a ver no... Continuar Lendo →

Titanic e Leo DiCaprio: os agentes do globalismo para destruir o Brasil

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - O Royal Message Sheep-RMS Titanic começou a ser construído em 1908 pela empresa White Star Line, então uma das maiores empresas do setor naval. Os estaleiros irlandeses erguiam ao mesmo tempo uma embarcação gêmea, a RMS Olympic. Passados 4 anos, as duas naus estavam prontas. O Olympic foi abalroado nas docas de Liverpool e quase foi à deriva. Em 15 de abril de 1912, após um choque contra um iceberg, o Titanic naufragou.

Seja feliz, nosso filho.

PAULO BETTI (Blog do Paulo Cabra) - Decidi que iria apresentar todas exibições do filme ao público. E assim foram 55 sessões. No Rio, Belém, Santos, Sorocaba, Brasília, São Paulo, e, ainda a fazer, Teresina (o cinema mais lindo, 60 caixas de som), Floriano e Picos. Em todas elas, pedi carinho e compreensão pro nosso trabalho. Como se o tivesse ido buscar na maternidade e agora o fosse mostrar no lugar onde foi gestado. Um lançamento no varejo afetivo. Um orgânico num momento tóxico.

Nem todo mundo faz parte do esquema

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Paxton Winters, o diretor de “Pacificado” (Brasil, Estados Unidos, 2019), morou durante oito anos na favela Morro dos Prazeres, no Rio de Janeiro, antes de fazer o filme. Americano naturalizado brasileiro, ele imprimiu na história uma visão pessimista – ou talvez realista – do atual estado de coisas no País.... Continuar Lendo →

Cheiro de rico

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Se você se interessa por cinema, já ouviu falar de “Parasita”, filme sul coreano que ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes deste ano. Exibido na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo em outubro, estreou no circuito regular em 7 de novembro. Segundo o site Box... Continuar Lendo →

Mostra de cinema: a cultura resiste

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Vai começar a 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. O blog Todas as Telas esteve na coletiva de imprensa de lançamento do evento, no último sábado, e já estamos selecionando os filmes mais interessantes para assistir e comentar aqui neste espaço.   O festival começa no dia 17... Continuar Lendo →

Bacurau: filme-porrada

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - “Bacurau” é o filme-porrada do ano. Ganhador do prêmio do júri no Festival de Cinema de Cannes de 2019, poderia ser um daqueles longas intelectuais e rebuscados. Mas não é. Os críticos gostaram, sim, mas o público tem gostado também. E vale o ingresso. Brasileiro, fala de causas e problemas que acometem gente da região Nordeste, como a sempre presente seca. Só que vai além. É um longa-metragem para o público adulto, seja brasileiro, francês, japonês. A história é universal.

Uma mulher e o mar

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - “Affair”, com quatro temporadas disponíveis na Netflix, é daquelas séries que você começa a assistir quando está procurando algo leve, para espairecer depois de um dia de trabalho estressante ou uma semana cheia de más notícias para o País, daquelas nas quais o presidente compra briga com outros países, fala... Continuar Lendo →

Instabilidade ambiental põe em risco gerações futuras

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba Conta Histórias) - As queimadas na Amazônia trouxeram à tona antigas discussões sobre o meio ambiente. Em 2003, quando nossa equipe de vídeo trabalhava na produção do documentário “Sorocaba, o rio de nossas vidas” (Loja de Ideias, 2005, 34 minutos), Paulo Celso da Silva, professor de Geografia Humana e historiador, já explicava em entrevista que o critério ambiental dos dias atuais deve ser diferente do momento em que valorizar a industrialização e a urbanização eram mais importantes do que conservar a natureza.

O Sol nem sempre é para todos

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Parece um momento adequado para relembrar um filme que fala sobre integridade, compaixão e busca por justiça, atualmente valores pouco cultivados neste País em diversas instâncias. Em “O Sol é para Todos”, advogado Atticus Finch, vivido por Gregory Peck, assume a defesa de Tom Robinson (Brock Peters), rapaz negro acusado... Continuar Lendo →

Adoráveis leões

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - A Disney sabe fazer filmes para a família. “O Rei Leão 2019”, que estreou neste mês de julho, contêm todos os elementos para agradar públicos diversos. O acertado timing de ação, momentos para chorar, personagens bobos que fazem rir, piadinhas para as crianças pequenas gargalharem, cenas com camadas de significado,... Continuar Lendo →

Jornada amalucada pelo universo

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - O desenho “Rick e Morty”, em exibição pela Netflix, chega à terceira temporada causando comoção entre fãs, provocando elogios rasgados e entrando em muitas listas de melhores séries. A ação é concentrada em Rick, um vovô desgrenhado que vive bêbado, mas ainda assim é capaz de inventar traquitanas científicas geniais;... Continuar Lendo →

Turma da Mônica – Laços: divertido até para gente grande

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Todo mundo conhece a Turma da Mônica. Quase tão impossível quando o lapso coca-cólico (como se chama mesmo aquele refrigerante escuro, cuja garrafa tem rótulo vermelho?) é um brasileiro não conhecer Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali. As criações de Mauricio de Sousa participam das infâncias. Hoje muito além dos gibis,... Continuar Lendo →

O mistério de 31 milhões de acessos

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Um casal comum cai por acaso em uma situação inusitada que envolve gente endinheirada, crimes e mistérios. Esse roteiro a gente já viu. Mas sempre é possível inventar variações sobre a mesma fórmula. Assim é “Mistério do Mediterrâneo”, que traz Jennifer Aniston e Adam Sandler como uma cabeleireira e um... Continuar Lendo →

No escurinho do cinema

RUBENS NOGUEIRA - Sorocaba teve, em priscas eras, salas de projeção de filmes, os chamados cinemas de rua, no centro da cidade e em pelo menos dois bairros: Vila Santana e no Além-Ponte. No bairro dos espanhóis, eram dois. Na Nogueira Padilha, era o cine Eldorado (cuja fachada ilustra este artigo), e numa transversal ali... Continuar Lendo →

Tratar bem a Terra e proteger o Meio Ambiente. Trinta anos depois, a mensagem de Carl Sagan continua atual

SANDRA NASCIMENTO - Em 5/6 se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data é lembrada desde 5 de junho de 1972, quando foi criada em Estocolmo (capital da Suécia), para promover atividades de preservação e chamar a atenção de países e governos sobre a importância de cuidar do planeta. Por essa ocasião, no... Continuar Lendo →

O apocalipse está próximo!

LÚCIA HELENA DE CAMARGO – Bem vindo ao final dos tempos! Para assistir a esta série, é preciso ter se preparado para esse evento. Mas vamos ao começo. O anjo Aziraphale e o demônio Crowley convivem na Terra e se encontram ao longo dos séculos, participando de acontecimentos da história da humanidade. O objetivo é... Continuar Lendo →

Da idade antiga aos dias de hoje, as aves povoam a imaginação humana, o mundo e o rio Sorocaba

SANDRA NASCIMENTO - Talvez por saberem voar e provocarem a ideia de liberdade, as aves sempre causaram um grande encantamento nos homens. Várias culturas antigas – a egípcia, a grega, a romana, a suméria – as elegeram como divindades ou as destacaram como representantes de ideias ou conceitos, tornando-as, muitas vezes, criaturas lendárias e até... Continuar Lendo →

Roberto Marinho, mecenas brasileiro

RUBENS NOGUEIRA - Há tempos eu não sentia o fenômeno mental que um filósofo moderno resumiu na frase: “Nós somos o que lembramos.” Aconteceu quando li que a casa em que morou por muitos anos o doutor Roberto Marinho foi transformada em Centro Cultural – muito apropriadamente batizada como “Morada da Arte”. A casa fica... Continuar Lendo →

Sorocaba – a história de um rio, um vídeo, um blog, uma amizade

SANDRA NASCIMENTO - Desde que foram publicados os primeiros artigos no Coletivo Terceira Margem sobre o rio Sorocaba, tenho recebido mensagens de pessoas interessadas em saber mais informações sobre o videodocumentário que estamos desenvolvendo, hoje em fase de pré-produção. Ao que agradeço. O que posso responder é que o blog Rio Sorocaba conta Histórias nasceu... Continuar Lendo →

A deliciosa “Dix pour cent”

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - A série “Dix pour cent” nada tem de épico ou trágico. Então, se você é fã de “Guerra dos Tronos”, não vai gostar dela. Caso você aprecie uma afiada comédia de costumes, então essa é a pedida. A agência Ask, abreviação de “Agence Samuel Kerr” (o nome do dono) atende... Continuar Lendo →

Conheça os pães e doces que nunca estragam na padaria de ‘Órfãos da Terra’

PAULO BETTI - Hoje eu convido os amigos da Terceira Margem para conhecerem um pouco dos bastidores das gravações da novela "Órfãos da Terra", da Rede Globo, com destaque para um passeio pela padaria onde todos os produtos expostos -- pães, doces, frutas, bolos -- são objetos cenográficos. Um belo trabalho de direção de arte.... Continuar Lendo →

Paixão pelas palavras

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Poucos sortudos no mundo conseguem trabalhar apenas em tarefas que lhes trazem prazer. Essa não é uma particularidade dos tempos atuais. Eliminando da equação aqueles que têm o objetivo claro de ganhar cada vez mais dinheiro e seguem construindo uma carreira para bater as próprias metas nesse sentido, a maioria... Continuar Lendo →

O Maior Genocídio da História: Leopoldo II e o Holocausto do Congo no Séc. XIX

FREDERICO MORIARTY - Charles Marlow narra sua história num porto inglês. Contratado por uma empresa belga, ele descera em sentido contrário as mais de 70 corredeiras do Rio Congo (o segundo em vazão ao mar). Num traçado repleto de meandros e perigosas cachoeiras, a bacia tem o formato de uma imensa curva a cortar duas... Continuar Lendo →

As pontas soltas de Boneca Russa

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - “Boneca Russa” (“Russian Dool”, Netflix, 2019), que estreou no streaming em fevereiro, é dessas séries cuja premissa provoca a curiosidade. A mulher, Nádia (Natasha Lyonne, conhecida pela atuação em “Orange is the New Black”) morre todos os dias. Ou quase todos. E sempre retorna, após morrer, ao mesmo banheiro da... Continuar Lendo →

Rock IV: Guerra Fria sem fim

FREDERICO MORIARTY - Em menos de três anos morreram três líderes soviéticos. A crise política era acentuada pela econômica. A corrida armamentista consumia 10% do PIB norte-americano e 40% da renda do país comunista. A solução era trazer um jovem economista para o Politburo: Mikhail Gorbatchev. O camarada Gorbi adotou uma política de contenção e... Continuar Lendo →

Um retrato cru do racismo

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Sem meias palavras ou meias verdades, nada de eufemismos ou pílulas douradas. “Infiltrado na Klan” (BlacKkKlansman, 2018), dirigido por Spike Lee, fala sobre racismo de maneira crua, direta e pragmática. Ao contar a história, baseada em fatos reais, do policial negro Ron Stallworth (John David Washington), que decide investigar a... Continuar Lendo →

África: do Imperialismo ao Filme do Menino que Descobriu o Vento

FREDERICO  MORIARTY “Doctor Livingstone, I presume?”    Henry Morton Stanley procurava pelo descobridor da África havia meses. Três anos antes, David Livingstone — explorador e missionário inglês —, partira em sua penúltima missão: adentrar o lago Niassa. Ele já havia descoberto a nascente do Nilo, o lago Victória e a nascente do rio Congo. Sua... Continuar Lendo →

O menino que descobriu o vento

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - “O menino que descobriu o vento” (The Boy Who Harnessed the Wind, Netflix, 2018, duração de 1h53), que estreou no início do mês de março na plataforma de streaming mais conhecida, tem roteiro baseado em fatos reais e segue a trajetória no estilo “tudo vai dar muito errado antes do... Continuar Lendo →

O Oscar 2019 e os negros no cinema

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - Este primeiro texto no blog Todas as Telas, abrigado no nosso coletivo Terceira Margem, pretende ser um convite à reflexão. Na premiação mais badalada do cinema, o Oscar, o tom da edição 2019 foi de preocupação em trazer às luzes questões sobre  minorias pouco representadas. Grande parte dos apresentadores eram... Continuar Lendo →

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: