Novos blogs reafirmam Terceira Margem como referência em literatura e comportamento

JOSÉ CARLOS FINEIS (Terceira Margem) - Terceira Margem - Coletivo de Blogueiros Independentes publica hoje o post de estreia do “Blog do Evandro”, assinado pelo premiado escritor Evandro Affonso Ferreira. A chegada de Evandro Affonso Ferreira eleva para 19 o número de blogueiros reunidos no Terceira Margem, que teve, em meses recentes, outras duas estreias de peso: o "Blog Plural", da advogada e escritora Lucy Rocha (30 de maio), e o blog "Outro Olhar", do jornalista e escritor Carlos Araújo (15 de abril).

Em busca da felicidade: Aristóteles e sua Ética

MARCELLO FONTES (Blog Em Toda e Em Nenhuma Parte) - Ser ético para Aristóteles é acima de tudo ter uma boa vida em sociedade, o que só seria possível partilhando a característica racional comum a todos os seres humanos como orientadora das ações equilibradas, que deverão assim conduzir à felicidade.

Sem retorno

JOSÉ CARLOS FINEIS (Blog Conversa de Armazém) - A campainha que ficara silenciosa durante quase três meses soou como um eco de tempos felizes no apartamento de quarto (que servia também de sala), cozinha e banheiro. Elisa sabia que era ele, o louco. Vinha, conforme suas palavras, apenas “olhar para ela e conversar sem tocar em nada”, a distância segura. Talvez tomar um café, desde que ela entendesse que isso não a poria em risco. Afinal, ele a amava e, se ela consentisse, queria passar um quarto de hora em sua companhia, para matar a saudade.

Os povos indígenas do Brasil seguem resistindo contra madeireiros, garimpeiros, fazendeiros e a covid-19, enquanto aguardam ajuda da pátria mãe gentil

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba Conta Histórias) - Os índios brasileiros enfrentam atualmente, além de todos os retrocessos da política ambiental que está sendo imposta ao país e ao mundo, as consequências da covid-19, doença que nos últimos quatro meses dizimou centenas de nativos. Em 27 de julho, estavam confirmados 18.854 casos e 581 mortes. Em 30 de julho, já eram 20.809 casos e 599 mortes.

Precisamos falar sobre racismo, ainda: algumas perspectivas filosóficas

MARCELLO FONTES (Blog Em toda e em nenhuma parte) - Chega a ser constrangedor para a humanidade que em pleno século XXI ainda tenhamos que estar discutindo sobre algo que se esperava estar há muito superado [...] Aprendemos a desenvolver vacinas diversas, a voar, a construir arranha céus, a nos comunicarmos à distância, dentre muitas outras coisas incríveis, contudo, muitos ainda não aprenderam a deixar de fazer acepção de pessoas em função de um detalhe acidental: a cor da pele do outro.

Conhecer o Bem e examinar a própria vida: Sócrates e sua Ética

MARCELLO FONTES (Blog Em toda e em nenhuma parte) - Será que as pessoas realmente “têm” ou “não têm” Ética, conforme tantas vezes lemos e ouvimos falar nos vídeos e postagens que mais do que nunca inundam nossas redes sociais, programas televisivos e outras mídias? O que isso exatamente significa? Seria realmente a Ética uma espécie de virtude que se possui ou não?

Não era só um rolinho de canela, era Cinnabon

LUCY ROCHA (Blog Plural) - Ao longo dos anos em que trabalhei para uma empresa na Pensilvânia, viajava pelo mundo e, por um bom tempo, o lugar mais familiar para mim eram os aeroportos. Desses anos, ficaram recordações indeléveis que, na minha memória, estão marcadas pelo cheiro inconfundível dos Cinnabon rolls que tomava conta dos aeroportos americanos, dos quais eu decolava rumo ao mundão e nos quais aterrissava nas minhas voltas à casa.

‘Ainda bem’ que tem ‘tubaína’

LUCY ROCHA - Saúde, educação, saneamento básico, água potável, comida e moradia para todos. Na pauta da distorcida direita brasileira nada disso tem lugar por um motivo muito simples: essas pessoas não têm nenhum desses problemas. Para elas, essas questões são igual caviar: nunca vi, nem comi, eu só ouço falar.

Todos a Bordo – Diário de um Pandemônio (Maio/2020)

TODOS A BORDO (DIÁRIO DE UM PANDEMÔNIO) - Algo assim como o diário de bordo de uma embarcação, em que os tripulantes ou passageiros tenham a liberdade de acrescentar uma página, sempre que sentirem a necessidade de se expressar sobre algum aspecto da realidade exterior ou interior. Assim pretende ser o blog “Todos a Bordo - Diário de um Pandemônio”, produção conjunta dos integrantes de Terceira Margem - Coletivo de Blogueiros Independentes, que estreou numa quinta-feira, em 7 de maio deste 2020.

Por que o sucesso é decorrente dos vínculos que formamos?

LUCY DE MIGUEL (Blog Como Vai Você?) -- Ao longo dos últimos 13 anos como empresária e empreendedora social, fiz parte de vários grupos de empreendedores, de mulheres empreendedoras, de associações, e nunca tinha participado de conversas ou qualquer tipo de treinamento em gestão que falasse de sentimentos, de propósito ou de vínculos, com exceção...

Negação dos fatos, má fé e risco civilizatório

MARCELLO FONTES (Blog em toda e em nenhuma parte) - No campo da ciência ou das evidências claras e concretas, brigar contra fatos não é uma atitude razoável ou inteligente. Aquele indivíduo que, diante de fatos evidentes, inequívocos e empiricamente comprovados de diversos modos insiste em afirmar o oposto ou age de má fé ou tem dificuldades cognitivas sérias decorrentes de alguma patologia. Falaremos da má fé que faz com que se afirme algo nitidamente irreal. Temos visto com muita frequência situações nas quais, mesmo diante das mais fortes e demonstráveis evidências, pessoas insistem em afirmar o contrário do que a ciência, a razoabilidade e o bom senso demonstram. Isso não é uma novidade, mas tem se acentuado nos últimos anos por meio da livre circulação de ideias no universo virtual. Mas, como o momento atual bem demonstra, cada vez mais a propagação de tais negações dos fatos constituem uma séria ameaça para a civilização em termos políticos, econômicos, ecológicos e sanitários.

Escândalo matutino

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - Notícias sobre coronavírus você vê lá fora. Aqui vamos falar de uma série interessante disponível aos assinantes do serviço de streaming Apple TV: “The Morning Show”. Dessas para ver, caso você esteja à toa no confinamento involuntário, de uma tacada só, todos os dez episódios.

A ignorância como fermento para a banalidade do mal

MARCELLO FONTES (Blog Em toda e em nenhuma parte) - O mal não estaria ligado à liberdade, mas à não liberdade. Aquele que perpetra o mal não é um “monstro” ou um ser necessariamente perverso ou cheio de motivações aterrorizantes, mas acima de tudo um Homem comum. Uma assustadora normalidade cerca o mal, que para Arendt evidencia-se principalmente no aspecto político e histórico, sem que se tenha qualquer evidência de que foi cometido por crueldade absoluta, mas principalmente por omissão e ignorância. O perpetrador do mal, para Arendt, nada tem a ver com o vilão tradicional ao qual muitas vezes nos acostumamos.

Novo blog do Terceira Margem busca democratização da filosofia, para além das salas de aula e dos muros acadêmicos

TERCEIRA MARGEM - O professor de Filosofia Marcello Fontes é o mais novo integrante do Coletivo de Blogueiros Independentes Terceira Margem. Ele, que já havia publicado o artigo “Democracia, multiculturalismo e reconhecimento” no dia 10 de janeiro, na condição de blogueiro convidado, estreia agora com um blog fixo, intitulado “Em toda e em nenhuma parte”,... Continuar Lendo →

A Filosofia: em toda e em nenhuma parte

MARCELLO FONTES (Blog Em Toda e em Nenhuma Parte) - A Filosofia não tem um território, um limite, ou mesmo um método único; não é escrita de uma única forma, mas através de poemas, cartas, diálogos, tratados, aforismos, confissões, artigos e até romances. Nada é mais difícil de afirmar, à semelhança daquilo que puristas ou saudosistas fazem em relação à arte, à música ou à literatura, que “isso ou aquilo não é Filosofia”. Pois ela está em toda parte, ao mesmo tempo em que não está necessariamente em nenhuma.

Entusiasmo na medida certa

LÚCIA HELENA CAMARGO (Blog Todas as Telas) - Oi, leitor (sim, singular), desculpe a ausência por semanas. Voltei. Como todo mundo já falou dos grandes filmes e das temporadas de premiações, o assunto aqui será uma série antiga, que acabo de começar a assistir, “Curb Your Enthusiasm”. Como fã de “Seinfeld”, não sei porque demorei tanto a começar, já que ambas foram criadas por Larry David. Em “Seinfeld” ele assina como co-criador (juntamente com Jerry Seinfeld), além de roteirista, diretor e produtor. ..

Adeus, Sorocaba

PAULO BETTI (Blog do Paulo Cabra) - Amigos, compartilho com vocês algumas mensagens trocadas no grupo de WhatsApp "Blogueiros Independentes", que reúne os integrantes do coletivo Terceira Margem.

Dicas certeiras para o fim de semana, o Jeep Experience Territory e a boa mesa do Eataly são programas familiares irresistíveis para dar uma esticada até Sampa

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Vai neste sábado ou no domingo pra São Paulo? Gosta de pilotar veículos off-road? Também é fã de gastronomia italiana? Não deixe, então, de conferir duas indicações campeãs e quentíssimas do Blog Aquele Sabor Que Me Emociona e divirta-se na capital paulista neste e no próximo final de semana. Clique no mosaico de imagens e confira agora todos os detalhes.

Sapatos

JOSÉ CARLOS FINEIS (Blog Conversa de Armazém) -- Sapatos trouxeram a desgraça para a vida daquela criança livre. Com eles, vieram a escola, o horário para acordar, as lições de casa, o bullying (usava óculos), a necessidade de tomar banho todo dia, o medo de errar, a competição para ser o primeiro da classe, a primeira briga na porta da escola, a fossa de domingo à noite, a incerteza quanto ao futuro...

Bacurau: filme-porrada

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - “Bacurau” é o filme-porrada do ano. Ganhador do prêmio do júri no Festival de Cinema de Cannes de 2019, poderia ser um daqueles longas intelectuais e rebuscados. Mas não é. Os críticos gostaram, sim, mas o público tem gostado também. E vale o ingresso. Brasileiro, fala de causas e problemas que acometem gente da região Nordeste, como a sempre presente seca. Só que vai além. É um longa-metragem para o público adulto, seja brasileiro, francês, japonês. A história é universal.

Zé Muleque, o leva e traz (conto). Parte 1: Todos (até dona Rosa) contra Zé

JOSÉ CARLOS FINEIS (Blog Conversa de Armazém) - Zé Muleque devia ter desconfiado de que havia alguma coisa errada quando foi convidado – ele, que entrava sem bater – para a sala do prefeito naquela manhã de sol. Desde que pisara na Prefeitura, sentira um excesso de mesuras no ar, incomum para um aspone que, embora sem cargo no papel, era considerado “gente da casa”.

Memórias de um carioca de coração

RUBENS NOGUEIRA (Antes que Eu me Esqueça) - Aconteceu há muito tempo uma parte da história que vou contar. O rapaz vivia encantado com tudo ao seu redor: a terra, o mar, o ar. Sentado na mureta de pedra da praia do Flamengo, olhava o horizonte: Nictheroy, a praia de Icaraí, os morros, as montanhas. Aspirava o ar puro, marinho, salgado e fresco. Baixava os olhos e via sob seus pés as pedras cobertas de verde limo e cravejadas de mexilhões. Ficava horas por ali.

Larissa e Joana (conto). Parte 1: Alguém para conversar e nada além disso

JOSÉ CARLOS FINEIS - "Eu li recentemente sobre uma terapeuta americana que cobra uma fortuna para dar abraços demorados em seus pacientes. E no Japão – se bem que o Japão é outra cultura, quase que um outro planeta –, tem uma empresa que aluga amigos e parentes para pessoas solitárias, para acompanhá-las em festas ou mesmo para conviver com elas em casa. (...) Isso sem falar nos homens que compram mulheres de silicone para ver TV de mãos dadas no sofá e depois fazer sexo com elas." (Blog Conversa de Armazém)

Caridade embutida

JOSÉ CARLOS FINEIS - Um homem muito pobre, inclusive de informações, bateu numa casa bonita já preparado para receber cara feia, mas tinha fome e precisava de algo para comer. A empregada o atendeu e pediu que esperasse. Minutos depois, surgiu com uma sacola de supermercado cheia de salsichas bem vermelhas. Verteram lágrimas dos olhos... Continuar Lendo →

Uma receita de infelicidade (conto)

JOSÉ CARLOS FINEIS – "Ahá! Aí está o problema -- exultou o guru. -- Seu marido é triste porque você não ri das piadas dele. Se você não rir, outra certamente rirá, e ele irá com a outra. Um lar sem dinheiro, sem romantismo e sem risos é como um torrão de açúcar numa chuva de verão: logo se desfaz."

Ponte sobre o rio dos sonhos

RUBENS NOGUEIRA - Ah! Como é bom ler. Este burro velho, eterno aprendiz, tem a alma lavada diante do texto de Monica de Bolle (Revista Época, 12-11-18) (*). Ela cita Fernando Pessoa: “Da distância imprecisa, e, com sensíveis/ movimentos da esperança e da vontade,/ Buscar na linha fria do horizonte/ A árvore, a praia, a... Continuar Lendo →

A taça de sorvete

JOSÉ CARLOS FINEIS - Não me sinto culpado por ter sido uma criança difícil, por um motivo muito simples: não existe criança fácil. O que existe é criança mais ou menos difícil. Também não perco tempo pensando em que categoria – se mais ou menos difícil – eu poderia ter sido classificado. Acredito (e obviamente... Continuar Lendo →

Quanto custa colocar amor no café?

LUCY DE MIGUEL - Quando li essa frase pela primeira vez no prefácio de um livro, percebi que ela continha uma riqueza enorme de significados, que tomei emprestada para usá-la em minhas palestras para empresários e líderes educacionais. Digo sempre que a frase não é minha, mas de Marco Kerkmeester, fundador de uma conhecida franquia... Continuar Lendo →

No escurinho do cinema

RUBENS NOGUEIRA - Sorocaba teve, em priscas eras, salas de projeção de filmes, os chamados cinemas de rua, no centro da cidade e em pelo menos dois bairros: Vila Santana e no Além-Ponte. No bairro dos espanhóis, eram dois. Na Nogueira Padilha, era o cine Eldorado (cuja fachada ilustra este artigo), e numa transversal ali... Continuar Lendo →

Acima ↑