Outsider

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) - Não fui ao cinema assistir “Vingadores”, não vi a série “Game of Thrones” , nem tomei conhecimento de nenhum jogo da última rodada do campeonato brasileiro de futebol.

De todas as paixões da minha vida, Ana Maria foi a mais dolorida, a mais sentida. Doce como a tangerina, amarga como a existência

FREDERICO MORIARTY - Por que algumas mulheres têm um odor inconfundível? Umas cheiram como as manhãs do mato, outras um trem sem destino, muitas apenas um perfume barato, mas que penetra pelas narinas, agrada aos olhos e não deixa que passem despercebidas. Ana Maria não era assim. Aquela mulher alta, de pernas grossas e uma... Continuar Lendo →

Crítica: espetáculo Entre

CENA METROPOLITANA/ JOSÉ SIMÕES- O espetáculo teatral Entre se apresenta ao espectador como a união da tecnologia e a instalação artística, para investigar as relações do corpo humano com o ambiente, com a história, com as emoções pessoais e as lembranças. Homi Bhabha (O Local da Cultura) propõe que as culturas surgem como resultado, não... Continuar Lendo →

Justiça para todos ou Sentimento de Vendetta? – Parte II: Essa Juventude é assim mesmo!

Everson Pires (Blog Café Envenenado) - Quem nunca foi em uma Festa de cidade do interior, seja do Peão, da Uva, do Bordado, Festa do Doce ,e , de repente, começa uma briga generalizada que ninguém sabe de onde veio e pra onde vai? Aliás, sabemos que, os "playboys" e "paladinos do bem, da moral e dos bons costumes", saem por cima. Já a "cambada", os "favela", a "corja", que nem sempre são detentores desses adjetivos, vão é se dar mal!

Rio Sorocaba torna-se cenário do filme “Benzedeiras do Brasil”, lançado em julho/21, durante o Festival da Paz de Augsburg, na Alemanha

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba Conta Histórias) - Paisagens do rio Sorocaba foram usadas como cenário para o documentário "Benzedeiras do Brasil" (Loja de Ideias, 2021). O filme, lançado na Alemanha, em 23/7, constou no catálogo do Festival da Paz de Augsburg, festividade que acontece desde 1650, entre os meses de julho e agosto, durante o verão europeu.

Sorocaba e o DNA de São Paulo

NILO BRUM (blogueiro convidado) - Embora exista quem defenda a existência de um biotipo brasileiro, é fato incontroverso que o nosso país é composto por uma diversidade de etnias e culturas que tornam muito difícil estabelecer uma identidade nacional. Se isto é verdadeiro para o país, mais evidente ainda o é para os estados da metade-sul que, além dos povos autóctones, receberam uma gama de europeus, asiáticos e africanos, cujas origens seriam difíceis de enumerar aqui.

Paulo José me contou

PAULO BETTI (Blog do Paulo Cabra) - Quando Paulo José e eu fomos gravar “Luna caliente” (1999) no Rio Grande do Sul, um dia ele me contou esta história da estreia de “Julio Cesar”. Eu fiquei encantado e, como já mantinha uma coluna no jornal, tomei nota. Aí chegou um outro colega e eu pedi que ele contasse a história novamente, e acintosamente tomei nota de novo. E assim fiz por uma terceira vez. Chegou uma outra pessoa e eu falei: “Paulo, conta de novo a história da estreia do Júlio César”. A cada vez que ele contava, surgia um detalhe novo.

Na Praça das Mangueiras.

 “É sempre amor, mesmo que mude”. Mesmo que mude - Bidê ou Balde (músicos gaúchos).  Em algum dia de outubro de 2010.   Eu evito contar essa história, pois foi quando eu me perdi. Talvez se eu tivesse sido preso, condenado a morte, virado usuário de crack, mendigo, seria melhor do que eu fiz.   Nesse dia eu... Continuar Lendo →

Tributo ao pai

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) - Se a mãe é a referência de carinho e proteção, o pai é o símbolo da coragem e da aventura de viver. Enquanto foi possível, eu tive o privilégio da nossa convivência intensa desde os primeiros anos de vida. Guardo a lembrança do tempo em que você me levava sentado nos ombros, suas mãos firmes nos meus braços, eu pela primeira vez enxergando o mundo de uma altura diferente.

Era uma quinta-feira.

"As lágrimas correm e ninguém diz".                                                                 Dalto - músico e compositor brasileiro. BLOG CAFÉ ENVENENADO Embora eu me faça muito de desentendido, de desligado, muito mais por uma questão de sobrevivência em meio a tantas contradições entre “o que... Continuar Lendo →

Muito além de Hiroxima e Nagasaki: as Olimpíadas de Tóquio em 1964

FREDERICO MORIARTY - Na ensolarada tarde de 2 de setembro de 1964, a tocha olímpica chega ao arquipélago de Okinawa, no Japão. Era o primeiro ato das Olimpíadas da Bondade. As escolhas olímpicas foram simbólicas. Okinawa foi palco de batalhas cruentas da Segunda Guerra. A data, 2 de setembro, foi a do armistício japonês com... Continuar Lendo →

Meu pai contava histórias

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) - A figura paterna se impõe com força nas nossas vidas e ganha atenção especial nesses tempos que antecedem o Dia dos Pais. Como habitualmente, os pais são inspirações para os filhos. Quanto a mim, entre as influências que herdei de meu pai, destaco o gosto pelas histórias contadas em verso e prosa, fictícias e reais, divertidas umas, trágicas outras.

Cuba na geopolítica contemporânea

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Em apoio às manifestações contra o governo cubano, há pouco ocorridas naquele país, o atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, optou por assumir e ampliar, em todos os seus termos, as ações contra o governo de Havana levadas a cabo por seu antecessor e rival Donald Trump, em... Continuar Lendo →

O teatro municipal de Sorocaba volta à ativa como ruína

CENA METROPOLITANA - O teatro municipal de Sorocaba foi fechado para reformas emergenciais e urgentes, no segundo semestre do ano de 2019. Em janeiro de 2020, após insistentes pedidos dos artistas, a Secretaria da Cultura informou quais seriam as situações agravantes que necessitavam de medida tão dura. Fechar o teatro. A Secretaria da Cultura, em... Continuar Lendo →

Já vi o filme e não gostei do enredo

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - A delirante iniciativa do nano grupo de ativistas que, a pretexto de combater políticas genocidas, incentivadas pelo atual governo, botou fogo na estátua de Borba Gato, em nada atenua as ações que, no campo e na cidade, roubam a vida de negros, indígenas e agricultores sem-terra. Pior: legitima, aos... Continuar Lendo →

Queimem Borba Gato, Anhanguera e asseclas

FREDERICO MORIARTY - "A história é um velho museu abandonado, todavia vivo e pulsante. As janelas estão quebradas e há frestas por todos os cantos, vítimas da passagem inexorável dos dias e estações. Então, vez ou outra, o vento — gélido ou cálido —, as chuvas — torrenciais ou intermitentes —, penetram nos aposentos e... Continuar Lendo →

A liberdade e suas angústias: o existencialismo de Sartre

MARCELLO FONTES (Blog Em toda e em nenhuma parte) - O que exatamente nos torna quem nos somos? Existiria algo que de algum modo nos determinaria a ser o que somos? As escolhas que fazemos são nossas mesmo e fruto de nossa intrínseca liberdade ou parte de um plano previamente definido por alguma instância alheia a nós mesmos? O existencialismo dirá que não existe absolutamente nada que nos determine, nada que antes de nós de alguma forma oriente e conduza nossa existência. Primeiro existimos e existindo, fazemos escolhas que, estas sim, determinarão nossa essência, ou seja, aquilo que iremos nos tornar.

A caneta perdida

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) - Eram os tempos do AI-5, quando a situação não era nada fácil no Brasil para os comunistas. Saulo Aurélio morava numa rua do centro de Sorocaba. Um dia, na esquina, veio morar um homem com jeito de agente da polícia e Saulo Aurélio ficou com medo. Não tinha feito nada errado, não cometera nenhum crime, não era militante político. Era funcionário público de bem com a vida, gente boa, cumpria as suas obrigações em dia e frequentava a missa todos os domingos. O problema era que tinha amigos comunistas e isso podia ser extraordinário fator de complicação naqueles tempos sombrios.

Ano 1000, Ano 2020

FREDERICO MORIARTY " O primeiro anjo tocou. Saraiva e fogo, misturados com sangue, foram lançados à terra; e queimou-se uma terça parte da terra, uma terça parte das árvores e toda erva verde... O segundo anjo tocou. Caiu então no mar como que grande montanha, ardendo em fogo, e transformou-se em fogo uma terça parte... Continuar Lendo →

Carta à M.

DAVI DEAMATIS (Blogueiro convidado) - E eu, que já me achava à porta do céu, fui salvo pelo meu anjo da guarda. Em vez de me pôr em órbita celeste, arrancou ele o brilho de duas estrelas e o deu aos meus olhos para que eu tornasse a ver o brilho dos seus; e abriu os meus ouvidos para que eu voltasse a escutar o sopro harmônico de sua voz.

Não podemos ficar sem a Lei de Incentivo à Cultura em Sorocaba

CENA METROPOLITANA - A Secretaria da Cultura de Sorocaba anunciou que recebeu recursos (R$ 600 mil reias) e irá aplica-los na modalidade de auxilio emergencial e não mais nos moldes da Lei de Incentivo à Cultura (Linc). Depois da pressão dos artistas retornou ao orçamento da secretaria da Cultura os 600 mil reais que havia... Continuar Lendo →

O fim está próximo…Soylent Green e o ano de 2022

FREDERICO MORIARTY - Harry Harrison foi um dos mais prolíficos escritores de ficção científica norte-americano. Make room. Make room!! ( Abram espaço, abram espaço!) foi publicado em 1966. Sete anos depois ganhou o Nebula de melhor roteiro adaptado para o cinema. Serviu para o filme Soylent Green de Robert Fleischer. Em Portugal o título virou... Continuar Lendo →

#fridasofia e o avião pagador

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) – Há tempos, a tentativa de resgate de uma menina de 12 anos dos escombros de uma escola comoveu multidões de pessoas em todo o mundo. Era o dia seguinte a um terremoto na Cidade do México. Um militar e uma rede de TV divulgaram detalhes de comunicação dos socorristas com a menina Frida Sofía (esse era o nome), o que aumentou a aflição em meio a tamanha carga dramática. Mas a farsa durou 24 horas: a menina não existia. E o que foi tratado como fato jornalístico não passava de ficção.

O cordeiro desfaleceu em plena Broadway – Do Gênesis à Revelação

FREDERICO MORIARTY - Quase 1 ano de muitos ensaios, shows e apresentações e a banda pensa em desistir. Pudera, o LP " From Genesis to Revelation " vendera apenas 649 cópias. Mike Rutherford, o baixista, levantou três problemas a resolver: mais ensaios, redefinir o estilo musical da banda e orientar as lojas, afinal o LP... Continuar Lendo →

Crises encadeadas expõem a feiura do pacto implícito

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - As sucessivas crises político-administrativas que ora se abatem sobre nossa gente, traduzem todas, em maior ou menor grau, um embate entre a diretriz patrimonialista do atual governo, cujos atos se alicerçam sobre o pacto implícito que o perpassa, com a proposta diametralmente oposta de construção de um Estado Democrático de Direito definida pela nação através da Assembleia Nacional Constituinte e da Constituição promulgada em 1988.

Dia Mundial do Meio Ambiente traz à reflexão antigas questões sobre a boa e velha Terra

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba Conta Histórias) - No Brasil, o mês de junho chegou sem razões para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente. Um dos motivos foi o recorde em desmatamento no mês de maio, com mais de 1.180 km² de floresta devastada na Amazônia Legal, conforme anotou o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

A primeira noite de um homem e os sons do silêncio

FREDERICO MORIARTY - Michael Peschkowsky faria 90 anos em novembro. Aos 8, ele e a família conseguiram fugir do nazismo na Alemanha. Tornou-se dramaturgo e virou Mike Nichols. Único artista a ganhar as 4 estatuetas dos diversos prêmios de entretenimento (Oscar, Tony, Emmy e Grammy). Em 1966 adaptou "Quem tem medo de Virginia Woolf?", para o cinema, uma... Continuar Lendo →

O churrasco milionário*

CARLOS ARAÚJO – (Blog Outro Olhar) - Cidade do interior. Era um tempo em que pouca coisa acontecia e toda programação, por mais modesta que fosse, virava uma festança. Eis que um tradicional encontro de cavaleiros foi realizado no fim de um mês de maio distante. Época inesquecível, mais pela crise que o país atravessava do que por nostalgia. O prefeito habitualmente participava da festa com os discursos de sempre. O encerramento foi num domingo.

Transporte urbano de Sorocaba incorporou inovações de Lerner e Requião

GERALDO BONADIO - Ao assumir seu mandato como prefeito de Sorocaba, em 1993, o engenheiro Antonio Carlos Pannunzio encontrou o transporte coletivo da cidade numa situação totalmente caótica, cujo desmonte e substituição por um sistema, baseado na integração das linhas através de terminais urbanos, exigiu um trabalho longo e determinado, marcado pela transposição, para nossa... Continuar Lendo →

Quais punições para quem comete nove contravenções, quatro delas de desrespeito ao CTB? Depende…

FABIANA BLASECK SORRILHA (Blog Mobilidade Urbana) - À frente de um bando com milhares de motociclistas, o presidente Jair Bolsonaro iniciou pouco depois das 10h deste domingo (23/5) um “passeio motociclístico” por mais de 30 quilômetros pelas ruas do Rio de Janeiro. Desse total de gente, mil policiais militares de quatro batalhões do Rio atuaram no esquema de segurança. A manifestação sem motivo e sem responsabilidade foi convocada por apoiadores do presidente.

Carta a uma amiga

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba Conta Histórias) - Símbolo de uma época e singular representante do rádio sorocabano, a radialista Zilá Gonzaga faleceu em Sorocaba, no dia 13 de maio deste ano. A ela, por tudo o que representou para a cultura da cidade e, particularmente, por ter integrado nossa equipe no ano de 2007, quando aceitou fazer a narração do documentário “Circo-Teatro, Alegria do Povo” (2008), queremos expressar todo o nosso respeito e a nossa gratidão. Zilá Gonzaga (1934-2021)

Quatro olhos e uma canção

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) - A primeira vez que identificou a necessidade de usar óculos foi aos sete anos, na escola, quando tinha que se levantar da cadeira e deixar o fundo da classe, onde se refugiava da timidez incurável, para se deslocar à frente e poder enxergar a lição na lousa.

Todos a bordo – Diário de um Pandemônio (Blog Coletivo)

TODOS A BORDO (Diário de um Pandemônio) - Durante a CPI, nesta quinta-feira (20/5), o senador Alessandro Vieira, do Cidadania, comparou o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a Adolf Eichmann. Eichmann foi um tenente-coronel nazista executor da logística que exterminou 6 milhões de judeus. Para a filósofa Hannah Arendt, uma das principais pensadoras políticas do século 20, Eichmann era uma pessoa comum, sem más intenções, e foi nele que ela baseou seu conceito de "banalidade do mal".

Colégios militares são pontos fora da curva

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio)- Num país que, num momento em que educadores de verdade tinham vez e voz, concebeu e implementou um modelo tão avançado e pertinente de atendimento às aspirações de seus jovens quanto o dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, a proposta de semear colégios militares se caracteriza como um lastimável retrocesso,...

Zilá

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Devo minha carreira de comunicador a Zilá Gonzaga, que aos 87 anos de idade e 71 de atividade radiofônica, acaba de nos deixar. Responsável, entre mil outras coisas, pelo rádio teatro da velha Rádio Cacique, sua infinita paciência com o mais improvável candidato a uma vaga na afiada equipe de profissionais da novela radiofônica...

Sétimo dia

PAULO BETTI (Blog do Paulo Cabra) - O terreno da casa do Joca era muito grande, e o pai dele, seu José Lins, guarda-civil aposentado, fez do local um verdadeiro Xanadu, com muitos bichos e tanques onde criava tilápias. Meu pai pegava no pesado com enxadão aplainando e cavoucando o terreno.

Parabéns a todas as Mães!

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) - Parabéns a todas as Mães neste domingo muito especial. Mães que amam, dão carinho, cuidam, abraçam, recolhem, abrigam os filhos. Mães que brincam, se divertem com os filhos, sonham, reúnem a família, se desdobram em agrados e atenção. Mães que dão conselhos, corrigem, alertam, vigiam, protegem, acompanham todos os passos da família. Mães que vão ao supermercado, ao centro de saúde, à padaria, à feira e ao shopping mais próximo. Mães que abençoam os filhos pela manhã, que rezam pela segurança deles, que pedem a Deus para acompanhá-los em todos os seus passos.

Nenhuma glória para Jesse Owens

FREDERICO MORIARTY - No ano em que Hitler chegava ao poder ele venceu 75 das 79 provas que disputou. Ganhou uma bolsa na Universidade de Ohio. Dois anos depois, numa ensolarada manhã de verão, o rapaz negro que era obrigado a trabalhar de engraxate para poder continuar estudante, realizou o maior feito da história do... Continuar Lendo →

Famiglia Mancini

PAULO BETTI (Blog do Paulo Cabra) - Lembro do começo do Famiglia Mancini. Fomos assistir uma peça no Teatro Augusta, “Patética”, de João Ribeiro Chaves Neto, direção de Celso Nunes. A peça havia sido proibida pela ditadura, mesmo depois de ganhar o prêmio nacional de melhor texto num concurso promovido pelo governo.

Do Estado mafioso em Cuba ao grande cassino Brasil

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Sessenta e cinco anos após haver integrado o grupo de 80 homens que, zarpando do porto mexicano de Tuxpan, no iate Granma, navegou rumo a Santiago de Cuba, com o objetivo de ali participar de uma insurreição destinada a derrubar o governo ditatorial de Fulgêncio Batista, Raul Castro (89 anos) renunciou ao...

A cuidadora de idosos

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) Todos os dias jantavam juntos, isolados, num canto do refeitório da fábrica. Eram os dois remanescentes de um grupo de dez colegas de trabalho. Os outros oito tinham sido demitidos. André e Osvaldo, os que sobreviveram, tinham saudades da companhia dos colegas dispensados. Colegas, não. Eram todos amigos. Muitos anos jantando em grupo e se reunindo nos horários do café na empresa fizeram deles algo semelhante a uma confraria de camaradagem.

As mil peles da serpente

 FREDERICO MORIARTY - Corria o frio inverno de 1920 na Alemanha. A miséria estava em todas as cidades e cantos do país. Os trabalhadores que tentavam reconstruir a nação carregavam sacos de dinheiro recebidos como salário, entretanto tais sacos mal permitiam que se comprasse pão e manteiga. Hitler começa a fazer discursos cada vez mais... Continuar Lendo →

Triste Maio Amarelo 2021

FABIANA BLASECK SORRILHA (Blog Mobilidade Humana) - Foi lançada oficialmente nesta terça-feira (27) a Campanha Maio Amarelo 2021. Numa cerimônia híbrida, ou seja, meio online, meio presencial, a iniciativa que nasceu “da sociedade para a sociedade” foi recheada de falas políticas e promessas de mudanças no que tange o alto índice de mortalidade no trânsito que assola o nosso País...

Coisas boas e novas sobre o meio ambiente

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Na Cúpula do Clima, convocada pelo presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, a fim de anunciar, ao ensejo do transcurso do Dia da Terra, a nova política ambiental daquele país, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, leu um discurso em que falou de coisas boas e novas sobre as questões ambientais no Brasil. E, como na anedota, as coisas novas não eram boas e as coisas boas não eram novas...

O sertão indomável

CARLOS ARAÚJO (Blog Outro Olhar) - Meu nome é João José da Silva, tenho 50 anos e sou caminhoneiro. Em 30 anos de estradas, conheci todo o Brasil e vi e vivi coisas de arrepiar por esse mundão afora, desde assombrações até o dia em que fui vítima de assalto seguido de sequestro. Mas nada mais extraordinário do que esta noite em que presencio um encontro de Machado de Assis, João Guimarães Rosa e Graciliano Ramos.

Memórias de um Brasil enganado

GERALDO BONADIO (Blog do Bonadio) - Eu fazia o curso primário no Grupo Escolar Baltasar Fernandes, que à época funcionava na rua do mesmo nome, a poucos metros da Hermelino Matarazzo, e nossas professoras nos levaram para participar da Páscoa dos Estudantes, no espaço fronteiro à Catedral. Naquele tempo o número dos que comungavam, nas missas dominicais, eram poucos...

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: