Os muitos tons do branco

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) O mal sem culpa, como parte do cotidiano. Esse é o personagem principal do filme “A Fita Branca” (Título original: Das weiße Band - Eine deutsche Kindergeschichte; produção: Alemanha / Áustria). Lançado em 2009, seu enredo traz certo estado de coisas que pode ser comparado a diversos... Continuar Lendo →

Feiticeiras, Sabás, a Santa Inquisição e a caça às bruxas

FREDERICO MORIARTY - Marina Raskova, Yekaterina Budanova, Maryia Smirnova e Yevendokia Bersghanskaia eram as Naschthexen. Pilotas da Aeronáutica Soviética, elas pertenciam ao 588° Regimento de Bombardeiros Aéreos. Voavam com um teco-teco de madeira e lona utilizado para pulverizar o campo comunista até 1942. Tornou-se um dos únicos regimentos femininos de toda a 2° Guerra.

Racismo e contexto

LÚCIA HELENA DE CAMARGO (Blog Todas as Telas) - O clássico filme “…E o Vento Levou”, de 1939, foi recentemente retirado da plataforma de streaming pela HBO, por ter sido alvo de polêmica nos Estados Unidos, depois da morte de George Floyd, que fez aflorar discussões sobre racismo no mundo todo. Queria fazer um convite para que pensemos juntos se essa é uma ação louvável ou mesmo necessária. Entendo o valor de certas revisões históricas, em casos extremos. Afinal, não convém permitir que membros de grupos de supremacia branca saiam por aí empunhando bandeiras nazistas. Seria por demais desrespeitoso a todos aqueles que sofreram em consequência dessas ideias execráveis, além de pernicioso para toda a sociedade, pela própria disseminação do ódio embutido nas ideias.

11 de Setembro de 2001: foi assim, em meio ao pó e ao desespero, que começou o século 21

FREDERICO MORIARTY (do Blog Pipocando la Pelota) - Era uma terça-feira quente. Dia em que eu dava aulas nos segundos anos da Ose-Coc (colégio de ensino médio de Sorocaba). Umas 10h30 da manhã, os (ex) alunos Daniel Lopes, hoje grande professor de filosofia e atualidades, e Diego Moreira Soares, canadense da gema, me chamaram na sala com cara de assustados.

Memória – O Brasil na guerra

RUBENS NOGUEIRA - Aquela que durou quase seis anos e incendiou o mundo, incluindo Europa e Japão. Começou em setembro de 1939, quando Adolf Hitler invadiu a Polônia, e terminou em maio de 1945, com a bomba atômica sobre Nagazaki e Hiroshima. Nascido em 1928, dez anos após o término da Primeira Grande Guerra (1914/1918),... Continuar Lendo →

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: