O sobrinho do presidente

RUBENS NOGUEIRA (Blog Antes que me Esqueça) - Aquele pessoal de Sorocaba – amigos sim, mas descrentes do que seria a vida do aventuroso companheiro, colega da escola e das algazarras do dia a dia, em uma cidade que tinha, na época, uns 40 mil habitantes – tentava dissuadir o colega de uma decisão que tinha tudo para dar errado, e o fiasco iria ser ruim para ele. Difícil não dar razão a eles, mas eu estava determinado a morrer em água grande.

Divino é meu Pai. Divino é da Guia, o Ademir, filho de Domingos

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Alfredo Metidieri foi empresário da tecelagem em Votorantim e Sorocaba. Fanático por futebol, tornou-se presidente do E.C. São Bento nas décadas de 60 e 70, auge do azulão sorocabano. Em 1976, apoiado pelos clubes do interior, virou presidente da Federação Paulista de Futebol ( FPF). No Paulistão daquele ano o Palmeiras veio...

Algo mais poderoso que a morte fermenta no silêncio e na tristeza

JOSÉ CARLOS FINEIS (Blog Conversa de Armazém ) - O ex-metalúrgico e sindicalista que se fez também professor de História era dessas pessoas inquietas, que você jamais encontraria enfiado em pijamas, olhando para um álbum de fotografias. Seu viver era um eterno criar e dar forma para coisas boas que não existiam até então, e que ele pôs para funcionar. Sorocaba e a região devem muito a ele.

Apaixonada por ciências naturais, a jovem Leopoldina trouxe de além-mar uma expedição que deslumbrou o mundo com a flora e a fauna do Brasil

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba conta Histórias) - Há mais de 200 anos, em 15/8/1817, partiram de Livorno, Itália, para o Brasil as naus portuguesas Dom João VI e São Sebastião. A bordo estava toda a comitiva de Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena (1797-1826), arquiduquesa da Áustria que, após 86 dias de travessia pelo Atlântico, chegaria ao Brasil em 5//11/1817, para se casar com o então príncipe Dom Pedro (1798-1834). Com Leopoldina também vieram os cientistas bávaros Johann Baptist von Spix (zoólogo) e Carl Friedrich Phillip Von Martius (médico e botânico), nomes estes bem conhecidos das Ciências Naturais do século 19.

Adeus, Sorocaba

PAULO BETTI (Blog do Paulo Cabra) - Amigos, compartilho com vocês algumas mensagens trocadas no grupo de WhatsApp "Blogueiros Independentes", que reúne os integrantes do coletivo Terceira Margem.

Sorocaba chegou lá

RUBENS NOGUEIRA (Antes que me esqueça) - Lisboa vai ter um mês pra se divertir com o belo espetáculo que Paulo Betti escreveu sobre sua própria existência.

Onde o céu azul é mais azul

RUBENS NOGUEIRA (Blog Antes Que Me Esqueça) - A Bahia, onde o Brasil nasceu como civilização cristã, é um tesouro ainda a ser descoberto. Fui lá. Ou voltei. Como dizem de Portugal – “não vamos a Portugal, voltamos para lá”. Por que a Bahia vive em nós. O próprio D. João VI quase instala o Reino na terra de Gilberto Gil.

Milton Nogueira, radialista

RUBENS NOGUEIRA (Blog Antes que Me Esqueça) - Éramos seis. Três homens. Três mulheres. Ele era o segundo filho. A vocação, ele descobriu na adolescência. Tinha a ferramenta básica – Voz, Voice, Voix, Vocce. Era, entretanto, muito indisciplinado. Boêmio incorrigível. Viveu bem, morreu mal, o meu irmão Milton. Amigos, companheiros de trabalho, minhas irmãs, Hilda, Neide, Eunice e meu irmão Edward cuidaram dele até o fim. Sorocaba chorou sua morte sofrida.

Um presente maravilhoso para Sorocaba em seus 365 anos (vídeo)

PAULO BETTI - Em seus 365 anos, Sorocaba ganhou um presente maravilhoso: o livro "Na Feira de Sorocaba", que traz o texto de uma peça de teatro escrita em 1862 por D'Abreu Medeiros, recuperada pelo historiador Rogich Vieira. A peça, escrita em duas horas e encenada no dia seguinte, retrata os costumes da nossa população na época das feiras de muares. Parabéns, Sorocaba, pelos seus 365 anos de idade.

Memória – O Brasil na guerra

RUBENS NOGUEIRA - Aquela que durou quase seis anos e incendiou o mundo, incluindo Europa e Japão. Começou em setembro de 1939, quando Adolf Hitler invadiu a Polônia, e terminou em maio de 1945, com a bomba atômica sobre Nagazaki e Hiroshima. Nascido em 1928, dez anos após o término da Primeira Grande Guerra (1914/1918),... Continuar Lendo →

Ponte sobre o rio dos sonhos

RUBENS NOGUEIRA - Ah! Como é bom ler. Este burro velho, eterno aprendiz, tem a alma lavada diante do texto de Monica de Bolle (Revista Época, 12-11-18) (*). Ela cita Fernando Pessoa: “Da distância imprecisa, e, com sensíveis/ movimentos da esperança e da vontade,/ Buscar na linha fria do horizonte/ A árvore, a praia, a... Continuar Lendo →

A taça de sorvete

JOSÉ CARLOS FINEIS - Não me sinto culpado por ter sido uma criança difícil, por um motivo muito simples: não existe criança fácil. O que existe é criança mais ou menos difícil. Também não perco tempo pensando em que categoria – se mais ou menos difícil – eu poderia ter sido classificado. Acredito (e obviamente... Continuar Lendo →

No escurinho do cinema

RUBENS NOGUEIRA - Sorocaba teve, em priscas eras, salas de projeção de filmes, os chamados cinemas de rua, no centro da cidade e em pelo menos dois bairros: Vila Santana e no Além-Ponte. No bairro dos espanhóis, eram dois. Na Nogueira Padilha, era o cine Eldorado (cuja fachada ilustra este artigo), e numa transversal ali... Continuar Lendo →

Von Martius em Sorocaba

RUBENS NOGUEIRA - Tinha nome nobilíssimo – Carl Frierich Philipp Von Martius. Foi do grupo de naturalistas que no início do século 19 estiveram no Brasil de Dom João VI. Um time de cobras: ele, Saint-Hilaire, Debret, Taunay, Rugendas, Grandjean de Montigny, Maria Graham, Johann Baptist Von Spix, entre outros. Não houve, entre eles, quem... Continuar Lendo →

Rio Sorocaba – Aspectos de uma videografia

SANDRA NASCIMENTO - Castigado pelos despejos de esgotos domésticos e de resíduos químicos, o Sorocaba já foi considerado um dos rios mais poluídos do interior do Estado de São Paulo, chegando a ser tido como irrecuperável nos anos de 1970 e 80 – uma situação depreciativa para Sorocaba, município de 670 mil habitantes, localizado a... Continuar Lendo →

Acima ↑