Todos a bordo – Diário de um Pandemônio (Blog Coletivo)

TODOS A BORDO (Diário de um Pandemônio) - No mundo do vinho como na vida, somos todos iguais nesta longa noite sombria. Neste sábado (17/4), o universo da enologia italiana e mundial foi sacudido com a notícia da perda para a Covid-19 de Pio Boffa, de 66 anos, dono da vinícola centenária Pio Cesare, referência internacional na produção dos reverenciados Barolos.

Alegre, solar e repleto de frescor, o vinho verde é o mais carnavalesco e tropical dos vinhos de Portugal e faz bonito com a gastronomia brasileira

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona - Por livre associação e experiência pessoal no mundo de Baco, o Vinho Verde, uma categoria única de fermentado de uva produzido na verdejante região do Minho, Norte de Portugal, é por suas características "tropicais" e predicados na taça o que mais tem a cara a e alma do verão brasileiro - bem como de todas as estações. Clique no título e descubra a origem, os detalhes de produção e porque a a gostosa acidez e frescor de um dos mais tradicionais e populares vinhos do país do poeta Fernando Pessoa é perfeito para o dia a dia, com a gastronomia brasileira e, até, com o churrasco do fim de semana.

Pequeno e de cauda longa, o elegante calango gosta de se camuflar*

SANDRA NASCIMENTO (Rio Sorocaba Conta Histórias) - Calango é o nome dado ao pequeno lagarto que vive em árvores, pedras e rochas. De corpo cilíndrico e cauda forte e longa, gosta de se camuflar em madeiras, concretos, costas rochosas e fendas para caçar ou tomar sol. Histórias de bichos e aves do rio Sorocaba serão publicadas todas as terças e sextas-feiras.

Consumido no Brasil desde 1890, quando era vendido em drogarias, o leite condensado volta à berlinda em meio ao festim de gastos do governo federal

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Revelada nesta semana pelo portal da transparência, que por sinal foi tirado do ar pelo governo federal, e amplamente repercutida pela mídia e redes sociais, a escandalosa gastança perpetrada por palácios e ministérios abrigados na órbita de influência direta do atual ocupante do Planalto, na capital federal, uma espécie de bolha e ilha da fantasia distópica, voraz e alheia aos problemas do país, é de corar qualquer brasileiro decente.

Das estrelas

JOSÉ CARLOS FINEIS (Blog Conversa de Armazém) - Pelas ruas/ vazias/ estreitas./ No fundo do meu olhar:/ estrelas./ Solenes,/ altivas,/ eternas...

Fora da Margem, Ano 2, Edição 68

FORA DA MARGEM - Em meio ao repique ou à chamada "segunda onda" do coronavírus, o ano chega ao fim com o País buscando aos trancos e barrancos uma luz no fim do túnel para seus velhos esqueletos escondidos no armário e conhecidas mazelas. Um sentimento coletivo muito bem retratado e expresso nesta charge do cartunista catarinense Galvão Bertazzi. Clique nela e curta mais esta edição dominical do Fora da Margem. Não deixe de espiar. E divirta-se.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 63

FORA DA MARGEM – A inacreditável politização da vacina da Covid-19 e a disputa de egos entre o presidente JMB e o governador de São Paulo, em meio à pandemia que ainda mata todos os dias cerca de 400 a 600 brasileiros. E mais: as eleições municipais. As frequentes denúncias de corrupção por todo o país. O racismo estrutural e outras mazelas nacionais que afetam a vida de todos nós. Estes e outros assuntos são destaque desta quarta e última edição de outubro do Fora da Margem. Não deixe de conferir.

Projeto de documentário sobre o rio Sorocaba recebe apoio da Associação Mulheres pela Paz – Frauen für e V. Augsburg

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba Conta Histórias) - “Sorocaba, o rio que reviveu”, o projeto de produção de um documentário sobre o rio Sorocaba, que tem neste blog o seu porta-voz, recebeu recentemente o importante apoio da Associação Mulheres pela Paz - Frauen für e V. Augsburg, por meio de sua coordenadora e embaixadora da paz na Alemanha (pelo Círculo Universal dos Embaixadores da Paz Suíça/França), Alexandra Magalhães Zeiner.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 62

FORA DA MARGEM - Um veterano do cartum brasileiro, Jaguar, pseudônimo do carioca Sérgio de Magalhães Gomes Jaguaribe, fundador do icônico Pasquim, semanário de resistência criado para ironizar e fustigar o Golpe de 1964, expressa de forma perturbadora, nesta charge que abre a edição deste Fora da Margem, toda a sua mordacidade e frustração em relação ao país cujas potencialidades se perderam lamentavelmente no curso do tempo. O Brasil que desejamos, porém, e outros temas do cotidiano que nos afetam direta e indiretamente também são fonte de reflexão, crítica e bom humor permanentes para uma legião de chargistas e criadores anônimos de frases e memes que hoje circulam e nos divertem nas redes sociais.

Tentação o ano todo em bares e feiras livres, o pastel vira cabo eleitoral e coprotagonista nestes tempos de eleição país afora

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Leve, fina e crocante por fora, a massa, bem sequinha e em formato de um envelope estufadinho, costuma abrigar os mais variados recheios e sabores, após ser frita em óleo pelando de quente. Popular tanto no boteco da esquina quanto em festas de casamento, aniversários e feiras de todo o país, essa gostosa reinvenção brasileira também costuma ficar na berlinda em campanhas políticas, como as municipais, ao ser saboreada pelos candidatos em aparições públicas ao lado de seus correligionários e eleitores.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 61

FORA DA MARGEM – A gripezinha, quem diria, pegou o presidente norte-americano Donald Trump. A criticada decisão do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), que revogou regras de proteção das áreas de manguezais e de restingas, avalizada pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em meio às constantes queimadas do Pantanal. Estes e outros assuntos para lá de preocupantes da política nacional e internacional, que bombaram nos últimos dias de setembro, são destaque desta primeira edição de outubro do Fora da Margem, que está irresistível. Não deixe de conferir e se divertir.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 60

FORA DA MARGEM - Em meio a um dos maiores desastres ecológicos do país, que inclui as queimadas do Pantanal mato-grossense e o desmatamento sem precedentes da Amazônia, o mundo se surpreendeu com o discurso presidencial na ONU, na semana que passou, ao apontar os índios (sim, os povos resilientes que protegem bravamente nossas florestas) como os principais responsáveis pelo caos ambiental do Brasil. Nonsense total. Este e outros temas do nosso cotidiano estão nesta edição inédita do Fora da Margem. Não deixe de conferir, começando de forma bem humorada a semana e refletindo sobre este e outros vexames que o país hoje protagoniza na contramão do mundo civilizado.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 59

FORA DA MARGEM – As queimadas no Pantanal e o desmatamento da Amazônia. A disparada do preço do arroz e da cesta básica. E, como não poderia deixar de ser, o costumeiro "E daí"? presidencial. Pior: a pasmaceira das instituições e a inexplicável indiferença da sociedade brasileira diante do caos ecológico e econômico do país, dos mais de 13 milhões de desempregados e da normalização da transmissão da Covid, com quase 1.000 vítimas diárias, e o vírus à espreita em bares, shoppings e praias hiperlotados. Embora pudessem integrar um filme de horrores, todos esses assuntos estão nesta edição dominical e sempre inédita do Fora da Margem. Não deixe de dar uma espiada.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 58

FORA DA MARGEM – A disparada do preço do arroz. A carestia de volta à vida dos brasileiros. Estagnação econômica. Desemprego. E tudo isso em meio a um cenário de inexplicável afrouxamento da quarentena com praias e bares abarrotados de gente. Todos esses assuntos e outros mais compõem esta seleção inédita do Fora da Margem. Não deixe de conferir e se divertir.

Aos olhos perplexos do mundo um Verde Brasil vai se tornando cinza

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba conta Histórias) - No Brasil, diferente do lendário bem-te-vi que vendo o incêndio na floresta tentou, confiante, apagar o fogo levando água no bico, o cidadão comum se sente um tanto impotente diante das tomadas de decisões do governo federal, que, conivente com os incêndios, investe nas ações comprometidas com os setores mais atrasados do agronegócio.

2020: o novo normal dos velhos horrores

LUIZ PIEROTTI - 2020 é indiscutivelmente um ano que ficará marcado na história. Um ano de isolamento, pandemia e de incontáveis mortes. O ponto zero do novo normal, porém, ornamentado de horrores e avanços nada novos. Quem poderia prever que ao longo de períodos onde a indicação universal, e racional, de ficar em casa para evitar um... Continuar Lendo →

Apaixonada por ciências naturais, a jovem Leopoldina trouxe de além-mar uma expedição que deslumbrou o mundo com a flora e a fauna do Brasil

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba conta Histórias) - Há mais de 200 anos, em 15/8/1817, partiram de Livorno, Itália, para o Brasil as naus portuguesas Dom João VI e São Sebastião. A bordo estava toda a comitiva de Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena (1797-1826), arquiduquesa da Áustria que, após 86 dias de travessia pelo Atlântico, chegaria ao Brasil em 5//11/1817, para se casar com o então príncipe Dom Pedro (1798-1834). Com Leopoldina também vieram os cientistas bávaros Johann Baptist von Spix (zoólogo) e Carl Friedrich Phillip Von Martius (médico e botânico), nomes estes bem conhecidos das Ciências Naturais do século 19.

Liberdade, liberdade, abra as asas sobre nós e que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz

TERCEIRA MARGEM - O Coletivo Terceira Margem defende o respeito às instituições democráticas, liberdades civis e demais direitos fundamentais preconizados e consagrados pela Constituição de 1988, a partir de um sistema justo e legítimo de representação e exercício de poder que vise à eliminação das desigualdades sociais e desequilíbrios econômicos. Nos unimos e engrossamos fileiras com a sociedade brasileira, neste momento de extrema gravidade, em defesa das liberdades políticas e de expressão e contra os ataques à normalidade institucional e à nossa jovem democracia. Ditadura nunca mais! Desperta, Brasil! Vamos resistir!

Fora da Margem, Ano 2, Edição 27

FORA DA MARGEM – Nas redes sociais, Paulo 'Posto Ipiranga' Guedes na berlinda. Mais: os "ganhadores" do "Oscar brasileiro" e a enchente do início desta semana, em São Paulo. E ainda: coronavírus, violência policial, desemprego, dólar nas alturas... é um salve-se quem puder! Prato cheio para abastecer a imaginação dos craques do cartum nacional, além de uma enxurrada de memes, frases, gifs e vídeos criados e compartilhados na internet por autores anônimos para lá de criativos. Não deixe de conferir mais esta edição inédita do Fora da Margem. Divirta-se e um ótimo fim de semana.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 26

FORA DA MARGEM - Regina Duarte na Secretaria da Cultura, Guedes, em nome da reforma administrativa, apontando o "parasitismo do funcionalismo" ao melhor estilo do presidente, coronavírus, Weintraub, Damares... Ufa! Estes foram alguns dos temas que movimentaram a primeira semana de fevereiro e serviram de matéria-prima para incontáveis cartuns, memes, frases e vídeos veiculados na internet e redes sociais. Clique na charge do cartunista Quino e confira mais esta seleção inédita do Fora da Margem. Vamos rir - e muito - para não chorar. Um ótimo fim de semana.

Brasil: sobre os ombros da servidão voluntária

LUIZ PIEROTTI - Por volta de 1549, um jovem francês chamado Étienne de La Boéti escrevia um discurso intitulado “Servidão Voluntária”. Nele, tratava do absolutismo francês e de como os servos desses reis voluntariamente aceitavam o totalitarismo imposto. Apesar dos quase 500 anos que nos separam do pensador francês, muitas de suas ideias ainda podem elucidar comportamentos frequentes da contemporaneidade .

Países de todo o mundo discutem formas de reduzir a poluição do ar

SANDRA NASCIMENTO - No período em que se comemorou o Dia Mundial do Meio Ambiente (1), entre ideias e projetos, foram apresentados à Organização das Nações Unidas (ONU) 6.206 compromissos de melhorias relativas a questões ambientais. Esse número está registrado no site oficial da ONU Meio Ambiente, instituição global que trabalha em parceria com governos,... Continuar Lendo →

Para brindar os 75 anos de Chico, as canções que lembram seu precioso legado artístico, o ativismo e, claro, a boa mesa

MARCO MERGUIZZO - “Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome”. Embora a frase, antológica, seja do genial Caetano Veloso, ela expressa em boa medida a trajetória grandiosa de um outro gigante da MPB e da cultura nacional: a de Chico Buarque de Holanda, uma figura superlativa nos cenários musical, cultural e político brasileiros... Continuar Lendo →

Von Martius em Sorocaba

RUBENS NOGUEIRA - Tinha nome nobilíssimo – Carl Frierich Philipp Von Martius. Foi do grupo de naturalistas que no início do século 19 estiveram no Brasil de Dom João VI. Um time de cobras: ele, Saint-Hilaire, Debret, Taunay, Rugendas, Grandjean de Montigny, Maria Graham, Johann Baptist Von Spix, entre outros. Não houve, entre eles, quem... Continuar Lendo →

Mansa, graciosa, sociável: conheça a ‘digital influencer capivara’ do rio Sorocaba

SANDRA NASCIMENTO - Já bastante conhecida na região de Sorocaba, a capivara é um animal herbívoro e de hábitos semiaquáticos que vive em beira de rios, pântanos e córregos à procura de plantas para a sua alimentação. É espécie nativa da América do Sul e pode ser encontrada em todo o Brasil. Geralmente aparece em... Continuar Lendo →

Cultura Brasileira

RUBENS NOGUEIRA - O Jornal do Brasil dedicou uma página inteira ao livro “Cultura Brasileira hoje: diálogos”, mostrando, graças a Deus, que o mais que centenário veículo de comunicação – impresso e digital – está aí para incentivar os valores eternos da Educação e da Cultura. A autora do livro enriquece a reportagem com o... Continuar Lendo →

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: