Fora da Margem, Ano 2, Edição 60

FORA DA MARGEM - Em meio a um dos maiores desastres ecológicos do país, que inclui as queimadas do Pantanal mato-grossense e o desmatamento sem precedentes da Amazônia, o mundo se surpreendeu com o discurso presidencial na ONU, na semana que passou, ao apontar os índios (sim, os povos resilientes que protegem bravamente nossas florestas) como os principais responsáveis pelo caos ambiental do Brasil. Nonsense total. Este e outros temas do nosso cotidiano estão nesta edição inédita do Fora da Margem. Não deixe de conferir, começando de forma bem humorada a semana e refletindo sobre este e outros vexames que o país hoje protagoniza na contramão do mundo civilizado.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 59

FORA DA MARGEM – As queimadas no Pantanal e o desmatamento da Amazônia. A disparada do preço do arroz e da cesta básica. E, como não poderia deixar de ser, o costumeiro "E daí"? presidencial. Pior: a pasmaceira das instituições e a inexplicável indiferença da sociedade brasileira diante do caos ecológico e econômico do país, dos mais de 13 milhões de desempregados e da normalização da transmissão da Covid, com quase 1.000 vítimas diárias, e o vírus à espreita em bares, shoppings e praias hiperlotados. Embora pudessem integrar um filme de horrores, todos esses assuntos estão nesta edição dominical e sempre inédita do Fora da Margem. Não deixe de dar uma espiada.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 58

FORA DA MARGEM – A disparada do preço do arroz. A carestia de volta à vida dos brasileiros. Estagnação econômica. Desemprego. E tudo isso em meio a um cenário de inexplicável afrouxamento da quarentena com praias e bares abarrotados de gente. Todos esses assuntos e outros mais compõem esta seleção inédita do Fora da Margem. Não deixe de conferir e se divertir.

Aos olhos perplexos do mundo um Verde Brasil vai se tornando cinza

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba conta Histórias) - No Brasil, diferente do lendário bem-te-vi que vendo o incêndio na floresta tentou, confiante, apagar o fogo levando água no bico, o cidadão comum se sente um tanto impotente diante das tomadas de decisões do governo federal, que, conivente com os incêndios, investe nas ações comprometidas com os setores mais atrasados do agronegócio.

2020: o novo normal dos velhos horrores

LUIZ PIEROTTI - 2020 é indiscutivelmente um ano que ficará marcado na história. Um ano de isolamento, pandemia e de incontáveis mortes. O ponto zero do novo normal, porém, ornamentado de horrores e avanços nada novos. Quem poderia prever que ao longo de períodos onde a indicação universal, e racional, de ficar em casa para evitar um... Continuar Lendo →

Apaixonada por ciências naturais, a jovem Leopoldina trouxe de além-mar uma expedição que deslumbrou o mundo com a flora e a fauna do Brasil

SANDRA NASCIMENTO (Blog Rio Sorocaba conta Histórias) - Há mais de 200 anos, em 15/8/1817, partiram de Livorno, Itália, para o Brasil as naus portuguesas Dom João VI e São Sebastião. A bordo estava toda a comitiva de Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena (1797-1826), arquiduquesa da Áustria que, após 86 dias de travessia pelo Atlântico, chegaria ao Brasil em 5//11/1817, para se casar com o então príncipe Dom Pedro (1798-1834). Com Leopoldina também vieram os cientistas bávaros Johann Baptist von Spix (zoólogo) e Carl Friedrich Phillip Von Martius (médico e botânico), nomes estes bem conhecidos das Ciências Naturais do século 19.

Liberdade, liberdade, abra as asas sobre nós e que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz

TERCEIRA MARGEM - O Coletivo Terceira Margem defende o respeito às instituições democráticas, liberdades civis e demais direitos fundamentais preconizados e consagrados pela Constituição de 1988, a partir de um sistema justo e legítimo de representação e exercício de poder que vise à eliminação das desigualdades sociais e desequilíbrios econômicos. Nos unimos e engrossamos fileiras com a sociedade brasileira, neste momento de extrema gravidade, em defesa das liberdades políticas e de expressão e contra os ataques à normalidade institucional e à nossa jovem democracia. Ditadura nunca mais! Desperta, Brasil! Vamos resistir!

Fora da Margem, Ano 2, Edição 27

FORA DA MARGEM – Nas redes sociais, Paulo 'Posto Ipiranga' Guedes na berlinda. Mais: os "ganhadores" do "Oscar brasileiro" e a enchente do início desta semana, em São Paulo. E ainda: coronavírus, violência policial, desemprego, dólar nas alturas... é um salve-se quem puder! Prato cheio para abastecer a imaginação dos craques do cartum nacional, além de uma enxurrada de memes, frases, gifs e vídeos criados e compartilhados na internet por autores anônimos para lá de criativos. Não deixe de conferir mais esta edição inédita do Fora da Margem. Divirta-se e um ótimo fim de semana.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 26

FORA DA MARGEM - Regina Duarte na Secretaria da Cultura, Guedes, em nome da reforma administrativa, apontando o "parasitismo do funcionalismo" ao melhor estilo do presidente, coronavírus, Weintraub, Damares... Ufa! Estes foram alguns dos temas que movimentaram a primeira semana de fevereiro e serviram de matéria-prima para incontáveis cartuns, memes, frases e vídeos veiculados na internet e redes sociais. Clique na charge do cartunista Quino e confira mais esta seleção inédita do Fora da Margem. Vamos rir - e muito - para não chorar. Um ótimo fim de semana.

Brasil: sobre os ombros da servidão voluntária

LUIZ PIEROTTI - Por volta de 1549, um jovem francês chamado Étienne de La Boéti escrevia um discurso intitulado “Servidão Voluntária”. Nele, tratava do absolutismo francês e de como os servos desses reis voluntariamente aceitavam o totalitarismo imposto. Apesar dos quase 500 anos que nos separam do pensador francês, muitas de suas ideias ainda podem elucidar comportamentos frequentes da contemporaneidade .

Para brindar os 75 anos de Chico, as canções que lembram seu precioso legado artístico, o ativismo e, claro, a boa mesa

MARCO MERGUIZZO - “Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome”. Embora a frase, antológica, seja do genial Caetano Veloso, ela expressa em boa medida a trajetória grandiosa de um outro gigante da MPB e da cultura nacional: a de Chico Buarque de Holanda, uma figura superlativa nos cenários musical, cultural e político brasileiros... Continuar Lendo →

Von Martius em Sorocaba

RUBENS NOGUEIRA - Tinha nome nobilíssimo – Carl Frierich Philipp Von Martius. Foi do grupo de naturalistas que no início do século 19 estiveram no Brasil de Dom João VI. Um time de cobras: ele, Saint-Hilaire, Debret, Taunay, Rugendas, Grandjean de Montigny, Maria Graham, Johann Baptist Von Spix, entre outros. Não houve, entre eles, quem... Continuar Lendo →

Cultura Brasileira

RUBENS NOGUEIRA - O Jornal do Brasil dedicou uma página inteira ao livro “Cultura Brasileira hoje: diálogos”, mostrando, graças a Deus, que o mais que centenário veículo de comunicação – impresso e digital – está aí para incentivar os valores eternos da Educação e da Cultura. A autora do livro enriquece a reportagem com o... Continuar Lendo →

Acima ↑