Tolerância x Intolerância = Intolerância

MARCELLO FONTES (Blog Em toda e em nenhuma parte) - O intolerante, se for tolerado, causará em algum momento a destruição dos tolerantes e da própria sociedade que assim se posiciona. Isso porque o intolerante aproveitaria a tolerância a ele concedida para difundir e praticar suas ideias intolerantes, que incluem, como vimos, a eliminação de todo aquele que não for semelhante a ele. Seria uma tolice da parte dos tolerantes estenderem essa tolerância aos intolerantes. E essa tolice custaria muito caro.

A Filosofia: em toda e em nenhuma parte

MARCELLO FONTES (Blog Em Toda e em Nenhuma Parte) - A Filosofia não tem um território, um limite, ou mesmo um método único; não é escrita de uma única forma, mas através de poemas, cartas, diálogos, tratados, aforismos, confissões, artigos e até romances. Nada é mais difícil de afirmar, à semelhança daquilo que puristas ou saudosistas fazem em relação à arte, à música ou à literatura, que “isso ou aquilo não é Filosofia”. Pois ela está em toda parte, ao mesmo tempo em que não está necessariamente em nenhuma.

Fora da Margem, ano 1, ed. 3

FORA DA MARGEM - Uma coleção sempre renovada de memes, vídeos, montagens, prints, piadas, frases e outros conteúdos que andam bombando nas redes sociais e WhatsApp. Publicações aos domingos e quartas-feiras. Atualizações a qualquer momento.

Larissa e Joana (conto). Parte 2 (final): O amor verdadeiro vai encontrar você

JOSÉ CARLOS FINEIS (Conversa de Armazém) - Nos dias seguintes ao primeiro encontro (creio que foi numa quarta ou quinta-feira), Larissa e Joana pensaram muito no trato que haviam feito. A bem da verdade, refletiram sobre o assunto de maneira quase obsessiva, talvez porque as intrigasse uma ideia que ocorreu a ambas – a de que pudessem ter sido levadas por algum motivo desconhecido por elas mesmas, alguma intenção não consciente que não fosse apenas a de reunir-se para conversar.

Larissa e Joana (conto). Parte 1: Alguém para conversar e nada além disso

JOSÉ CARLOS FINEIS - "Eu li recentemente sobre uma terapeuta americana que cobra uma fortuna para dar abraços demorados em seus pacientes. E no Japão – se bem que o Japão é outra cultura, quase que um outro planeta –, tem uma empresa que aluga amigos e parentes para pessoas solitárias, para acompanhá-las em festas ou mesmo para conviver com elas em casa. (...) Isso sem falar nos homens que compram mulheres de silicone para ver TV de mãos dadas no sofá e depois fazer sexo com elas." (Blog Conversa de Armazém)

Dos botecos aos salões do Planalto, só sendo maluco para não gostar da cachaça brasileira

MARCO MERGUIZZO (do Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - O termo "cachaceiro" usado na semana passada de forma pejorativa, como se fazia antigamente, por sinal, foi objeto da mais recente polêmica engendrada pelo atual mandatário do país contra seu desafeto político, não por acaso um ex-presidente que é fã declarado da mais tradicional e popular bebida brasileira. Para ler o artigo na íntegra, clique no título do post.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑