Azul marinho, o prato de tradição caiçara nascido da sabedoria indígena, porém desprezado em menus e restaurantes da moda do litoral paulista

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona - Durante todo o verão até o Carnaval, que acontece daqui a um mês, muita gente pegará estrada rumo às praias do litoral paulista. Embora Mongaguá continue sendo um dos destinos à beira-mar preferidos do sorocabano, boa parte inverte o sentido e, em vez de botar o pé na areia neste ponto do litoral sul, prefere embicar o carro na Rio-Santos e ir mergulhar nas badaladas águas azuis (porém, igualmente congestionadas) da costa norte de São Paulo. Pretexto mais do que perfeito para descobrir e saborear o Azul Marinho, prato da cozinha paulista com sabor de mar criado por pescadores daquela cenográfica região.

Uma mulher e o mar

LÚCIA HELENA DE CAMARGO - “Affair”, com quatro temporadas disponíveis na Netflix, é daquelas séries que você começa a assistir quando está procurando algo leve, para espairecer depois de um dia de trabalho estressante ou uma semana cheia de más notícias para o País, daquelas nas quais o presidente compra briga com outros países, fala... Continuar Lendo →

Acima ↑