Fora da Margem, Ano 2, Edição 67

FORA DA MARGEM – Em dia de segundo turno das eleições municipais em diversas capitais e cidades brasileiras, uma seleção imperdível de charges, memes e frases criativas que circularam nas redes sociais, na última semana de novembro. Não deixe de curtir, divertir-se e dar boas risadas com mais esta edição dominical do Fora da Margem.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 54

FORA DA MARGEM – A indiferença e a omissão do governo federal ante aos mais de 107 mil brasileiros mortos pela Covid. A cloroquina e o ozônio como "solução" contra o mortal coronavírus. A distopia e a normatização da tragédia pela sociedade brasileira. O barraco com o artista plástico Romero Britto. Estes e outros assuntos da semana foram matéria-prima do noticiário e de uma produção inventiva de charges, memes, frases e pensamentos que viralizou durante esta semana nas redes sociais. Não deixe de conferir - e se divertir - com mais esta edição do Fora da Margem. Bom domingo e ótima semana.

Fora da Margem, Ano 2, Edição 41

FORA DA MARGEM - Clique no desenho do cartunista Lo Co e confira a seleção inédita e pra lá de divertida de charges, memes, frases e vídeos sobre os assuntos mais comentados e que foram destaque nesta semana na mídia e nas redes sociais. Boas risadas e ótimo final de semana.

Não há benefícios se existem vidas perdidas

LUIZ PIEROTTI (Blog Máquina do Mundo) - Assumo a culpa. Há tempos não nos encontramos por aqui, isso porque os últimos dias têm sido tão caóticos por aqui quanto, imagino, por ai. Porém, como gosto de tomar as vezes de “opinador”, resolvi tecer algumas palavras sobre a forma como estamos reagindo a esse período tão incerto e aflitivo da...

A Tempestade e o Ímpeto da modernidade: um Brasil em chamas

LUIZ PIEROTTI - Há quase 5 séculos, na Alemanha, se criava a expressão Sturm und Drang (Tempestade e Ímpeto), termo utilizado para se referir ao movimento romântico que despontava na região. Guiado por grandes nomes como Friedrich Schiller e Johann Wolfgang von Goethe, o movimento negava todo o racionalismo presente no iluminismo que reinava até... Continuar Lendo →

Brasil: sobre os ombros da servidão voluntária

LUIZ PIEROTTI - Por volta de 1549, um jovem francês chamado Étienne de La Boéti escrevia um discurso intitulado “Servidão Voluntária”. Nele, tratava do absolutismo francês e de como os servos desses reis voluntariamente aceitavam o totalitarismo imposto. Apesar dos quase 500 anos que nos separam do pensador francês, muitas de suas ideias ainda podem elucidar comportamentos frequentes da contemporaneidade .

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: