Prêmio APCA 2019 – Vencedores

JOSÉ SIMÕES - Em tempos pouco amistosos para as artes em geral é importante valorizarmos as premiações como espaço de visibilidade do fazer artístico. A APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) indicou e escolheuos melhores de 2019 nas seguintes categorias: Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música Popular, Rádio, Teatro, Teatro Infanto-Juvenil e Televisão.... Continuar Lendo →

Indicados VIII Prêmio Aplauso Brasil de Teatro

JOSÉ SIMÕES (Blog do Simões) - Seguem, abaixo, os indicados (primeiro semestre) do VIII Prêmio Aplauso Brasil de Teatro.
No momento em que o teatro como ofício, a arte e o trabalho são "demonizados" por uma parte da classe política e, também, por pequena parte da população - a saber que esta minoria sequer leu um texto teatral ou mesmo frequenta o teatro com regularidade -, é importante valorizarmos iniciativas como esta, realizada pelo Aplauso Brasil.

Crítica teatro: A Valsa de Lili

JOSÉ SIMÕES (São Paulo) - O teatro quando em sintonia com o seu tempo se agiganta diante dos espectadores. Este é o caso de A Valsa de Lili,  texto de Aimar Labaki, direção de Debora Dubois e interpretação de Debora Duboc, inspirado no livro Pulmão de Aço de Eliana Zagui.Em cena, a história de Eliana,... Continuar Lendo →

Coletivo CÊ – 10 anos

JOSÉ SIMÕES - Fazer do teatro o seu oficio por si só requer coragem. Criar e manter um grupo ou coletivo, no interior do estado de São Paulo, é também um ato de muita determinação, teimosia e crença na arte. Isso porque as lutas e as batalhas diárias, para os artistas da cena da nossa... Continuar Lendo →

Mãe Coragem – um texto necessário

JOSÉ SIMÕES - o teatro nesses tempos ruidosos e obscuros é absolutamente necessário. Isso porque é nele que nos encontramos, nos encantamos, nos vemos, nos entristecêssemos e enfrentamos a barbárie. Este tempo demanda que artistas e público retomem o mote: a arte contra a barbárie. É o momento que artistas, em sintonia com o mundo... Continuar Lendo →

O teatro quando a vida pede calma

JOSÉ SIMÕES - Há momentos que a vida nos pede calma. Pede para pararmos de remar e deixarmos o corpo ser levado pela correnteza. Saber remar é tão importante quanto saber parar. Acalmar-se e ganhar o fôlego necessário para poder seguir na labuta diária. Quem não sabe parar se arrebenta. A ida ao teatro é... Continuar Lendo →

Teatro em São Roque: Solamente

JOSÉ SIMÕES - Na cidade de São Roque o teatro, também, se espalha. Nesse final de semana, nos dias 3 e 4 de maio, as 20h,  na Casa Rosa Manjericão, acontece o espetáculo Solamente,  com o ator Humberto Gomes. Segundo o ator O espetáculo retrata as coleções pessoais do convívio cotidiano: histórias, memórias, crenças, valores,... Continuar Lendo →

Crítica: artEfeito

JOSÉ SIMÕES - A proposta cênica do ArteEfeito é a de colocar o espectador como o sujeito da experiência. No espetáculo somos colocados diante de um espetáculo híbrido que mistura elementos do teatro, da performance, do site specific  e do ativismo. Nosso desafio é precisamente considerar os elementos da teatralidade presentes. A palavra teatralidade foi... Continuar Lendo →

Prêmio Shell de teatro

JOSÉ SIMÕES - O sorocabano Zé Henrique de Paula ganhou na noite de ontem o prêmio SHELL  - direção  - pelo espetáculo “Um panorama visto da ponte”, texto de Arthur Miller e participação de Rodrigo Lombardi e Sérgio Mamberti no elenco O Prêmio Shell de Teatro foi criado em 1988, para contemplar, todos os anos,... Continuar Lendo →

26º Festival das Artes de ITU

JOSÉ SIMÕES - Que tal enviar a sua proposta para participar do 26º Festival das Artes da cidade de Itu? A cidade de Itu, na região metropolitana de Sorocaba, lançou nesta semana o edital para o apoio à projetos que desejem integrar a programação do 26º Festival das Artes, que acontecerá  de 06 a 26... Continuar Lendo →

A força do riso

JOSÉ SIMÕES - Vamos falar da força do riso vinda da cena teatral. Vamos falar do bobo da corte. Em primeiro lugar os bobos não eram nada bobos. Os bobos da corte,  na idade média, eram excelentes comediantes mantidos pela nobreza ou realeza. Também nem eram cheios de deformidades ou loucos. Na verdade tinham múltiplas... Continuar Lendo →

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑