2020 em retrospectiva: os 10 posts mais vistos, lidos e saboreados do blog Aquele Sabor Que Me Emociona

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Como as conhecidas listas de final de ano que costumam pipocar aqui e acolá nesta época na mídia e nas redes sociais, o blog Aquele Sabor Que Me Emociona também produziu para os leitores do Terceira Margem um ranking dos posts Top 10 de 2020. Não deixe de conferir e curtir.

Azul marinho, o prato de tradição caiçara nascido da sabedoria indígena, porém desprezado em menus e restaurantes da moda do litoral paulista

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona - Durante todo o verão até o Carnaval, que acontece daqui a um mês, muita gente pegará estrada rumo às praias do litoral paulista. Embora Mongaguá continue sendo um dos destinos à beira-mar preferidos do sorocabano, boa parte inverte o sentido e, em vez de botar o pé na areia neste ponto do litoral sul, prefere embicar o carro na Rio-Santos e ir mergulhar nas badaladas águas azuis (porém, igualmente congestionadas) da costa norte de São Paulo. Pretexto mais do que perfeito para descobrir e saborear o Azul Marinho, prato da cozinha paulista com sabor de mar criado por pescadores daquela cenográfica região.

A partir deste sábado, 11 de janeiro, São Roque reedita a festa da colheita da uva com olhar nostálgico dos primórdios da vinicultura da região

MARCO MERGUIZZO (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona) - Tradicional em vários lugares dentro e fora do Brasil, a vindima é motivo de festa no mundo do vinho. No município vizinho de São Roque, as vinícolas locais reservam uma série de atrações, ao lado da habitual pisa da uva, a partir deste final de semana, arrastando milhares de pessoas para a região. Confira aqui no blog como garantir um lugar nessa festa.

Com vinícolas charmosas, mesa opulenta e cenários europeus, a Serra Gaúcha de sotaque italiano seduz pelas atrações na taça e fora dela

MARCO MERGUIZZO (ESPECIAL DE BENTO GONÇALVES / RS) - Não, não se engane com os vales e colinas verdejantes riscadas por vinhedos, o clima típico de montanha e a pronúncia estrangeira entreouvida em conversas nas ruas. Ou pelos tipos humanos e o gestual pitoresco de quem fala e se expressa permanentemente com as mãos. (Blog Aquele Sabor Que Me Emociona)

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: