Seguindo o curso de um rio

SANDRA NASCIMENTO – Quando, em 20 de maio de 2005, na cidade de Sorocaba, a equipe da Loja de Ideias lançou, no auditório da Fundec, o documentário Sorocaba, o rio de nossas vidas, já tinha suscitado o propósito de continuar documentando o rio Sorocaba. Afinal, naquele momento, uma nova história se iniciava, era tempo de despoluição.

Com isso, a natureza começou a responder e a se renovar no entorno, leito e às margens do rio. Não demorou e até espécies da fauna e da flora já consideradas extintas nesses locais foram reaparecendo e sendo registradas em fotos e filmagens pela equipe. Depois eram reconhecidas em pesquisas e divulgadas nas mídias sociais para a comunidade.

Todo esse trabalho, somado a fatos, estudos do meio, lendas e curiosidades sobre o rio, já dura quase dez anos. Tais atividades objetivavam e objetivam novas histórias para um segundo filme sobre o Sorocaba, abordando amplamente seus aspectos geográficos, ambientais e antropológicos. Infelizmente, produzir cultura não é tarefa fácil em dias atuais, e apesar da equipe já ter um material interessante que pode contar como um rio reviveu, ainda não conseguiu realizar sua edição final.

– Sou Sandra Nascimento, jornalista, documentarista e sócia da Loja de Ideias, Produção Audiovisual, Jornalismo e Edição Ltda. Agora, com a oportunidade de participação no Coletivo Terceira Margem, quero expor algumas entrevistas, reportagens, imagens, notas de pesquisas, poesias e ideias sobre o rio Sorocaba e meio ambiente, para através da divulgação de toda uma produção, atentar para a importância do tema e buscar recursos para conseguir concluí-la. Muito obrigada.

Sorocaba, o rio… Ele não é chique como o Sena, místico como o Ganges ou misterioso como o Nilo. Suas águas não escondem lendas, suas paisagens não enfeitiçam poetas e, pelo que se sabe, até hoje ninguém lhe dedicou uma valsa. Mas não se engane: é o rio que mata a sede e acende a vida nos lugares por onde passa, desde a encosta da Serra do Mar, em Ibiúna, até o encontro com as águas do Tietê, 180 quilômetros adiante. Nesse trajeto silencioso, o Sorocaba inspira beleza, medo, emoção, alegria, jamais a indiferença. E marca a vida de pessoas como você e eu… (da produção). Foto: José Finessi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: