Dia do ator (durante a pandemia)

JOSÉ SIMÕES – Foi a partir do Decreto de Lei nº 6.533, de 24 de maio de 1978, que regulamenta as profissões de artistas e de técnico em espetáculos de diversões, que surgiu o Dia do Ator. Mas como pode se observar a lei foi criada em 24 de maio, porém, somente entrou em vigor em 19 de agosto.

A situação nestes últimos tempos não tem sido fácil para os atores. A Covid-19 isolou os artistas dentro de casa. Fechou os teatros. Porém, mesmo antes da pandemia os artistas já vinha sofrendo ataques pelas pessoas ditas “de bem”. Espetáculos sendo perseguidos, atores enfrentando vozes que se achavam tomadas pela razão interrompendo espetáculos, na redes sociais e o próprio presidente criminalizando os apoios financeiros recebidos pelos artistas, a extinção do ministério da Cultura, etc. Tempos difíceis.

Não há o que comemorar. Mas nem por isso o momento é o de jogar a tolha. O mundo foi atravessado pela cultura digital. Os atores e atrizes precisam enfrentar este momento. Ousar, discutir e avançar.

Se na Idade Média o teatro para sobreviver ficou um tempo dentro das igrejas. Para lembrar: “No século V, a Igreja deu início à eliminação do edifício teatral especializado. Muitos teatros legados por gregos e romanos foram fechados, destruídos ou adaptados para abrigar verdadeiras cidadelas. Em um segundo momento, a Igreja percebeu a força do teatro e passou a persegui-lo como instituição; proibiu-se o teatro pagão, e o teatro oficial confundiu-se com a representação do sagrado e com a própria Igreja.” Mas os artistas e o teatro se reinventaram e saíram para a praça e ganharam a cidade.

O teatro e a cidade estão sempre em sintonia. Sintonia, todavia, não significa harmonia e/ou unidade, mas pode significar movimento e diálogo.

É bem por isso, que a mensagem da atriz Fernanda Montenegro é potente para este tempo. Trata-se de um olhar de uma atriz que já passou por várias mudanças sociais neste pais e no mundo. Mãos à obra. Apesar de tudo não sentem e esperem. Ousem. Questionem. Façam.

“Tenham uma esperança ativa.”

“Somos vocacionados!”

Parabéns aos atores e atrizes tão necessários à nossa sociedade.

Mensagem de Fernanda Montenegro:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: