É a economia, estúpido!

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Introito. Este texto foi publicado originalmente no feice no dia 26 de março. A urgência da pandemia trouxe a postagem a este espaço também. O próprio presidente dos Estados Unidos reconheceu ontem a importância do exposto aqui. Mais ainda: citou os mesmos dados: de 100 mil mortos a 2,2 milhões se nada for feito. Nós, do Terceira Margem, reforçamos: fique em casa!!! #coletivoterceiramargem #fiqueemcasa

Sobrevivendo em meio à pandemia: o Decameron de Boccaccio

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Como sobreviver a uma pandemia? Como resistir física e psicologicamente a uma quarentena? No final do século XIV, o século da crise medieval, o professor e escritor italiano Giovanni Boccaccio nos ofereceu uma alternativa: retiro artístico, amizade e estórias. Decameron é um conjunto de 100 estórias e contos escritos, entre 1348 e 1353 - tempos da peste bubônica na Europa. Boccaccio dá voz aos jovens num antídoto contra o tédio do isolamento e o desespero perante à praga impiedosa.

A festa do Tri e o beijo de língua

PEDRO CADINA (Blog Safra Vermelha) - Até chegar em sua primeira namorada, um garoto se depara com muitas novidades: as ruas perigosas da cidade, fascinantes aulas de matemática, a poesia de Fernando Pessoa, a final da Copa de 1970, as ações da Ditadura e dos guerrilheiros.

Goodbye, fellows

RUBENS NOGUEIRA (Blog Antes que me Esqueça) - Entre celebrações e lamento, o império britânico deixou de existir. A famosa bandeira continuará a ser iluminada onde existir a luz do Sol, mas a União Européia perdeu 60 milhões de habitantes. Se pudesse ter escolhido eu teria nascido em alguma aldeia da Ilha, mas de modo especial estou ligado à velha Albion.

Todas as almas merecem o Paraíso?

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Helga, 12 anos. Hildegard, 10 anos. Helmut, 8 anos. Hedwig, 7 anos. Holdine, 5 anos. Heidrun, 4 anos. Papai Goebells, na iminência de ser preso no bunker de Hitler, mata envenenados seus 6 próprios filhos (todos com a inicial H para homenagear Hitler). Depois, matou a esposa Magda. A covardia do soldado que não queria passar o vexame de se entregar aos aliados, o fez se suicidar em seguida.

Não deixarei o legado de nossa miséria

FREDERICO MORIARTY (Blog Pipocando La Pelota) - Ray Bradbury escreveu o romance "Fahrenheit 451" em 1953. Na distopia futurista, a sociedade abandonara o pensamento crítico, o debate de ideias e a leitura. Basicamente assistiam televisão ou, no máximo, folheavam livros sem palavras ou letras. Os bombeiros agora caçavam quem gostava de ler e possuía livros. Caso alguém encontrasse livros, seria incinerado a 233°C. Os subversivos leitores eram perseguidos e mortos pelo Sabujo, um cão cibernético de oito patas e 10.000 venenos.

Novo blog do Terceira Margem busca democratização da filosofia, para além das salas de aula e dos muros acadêmicos

TERCEIRA MARGEM - O professor de Filosofia Marcello Fontes é o mais novo integrante do Coletivo de Blogueiros Independentes Terceira Margem. Ele, que já havia publicado o artigo “Democracia, multiculturalismo e reconhecimento” no dia 10 de janeiro, na condição de blogueiro convidado, estreia agora com um blog fixo, intitulado “Em toda e em nenhuma parte”,... Continuar Lendo →

Democracia, multiculturalismo e reconhecimento

MARCELLO FONTES (Blogueiro Convidado) - Cada indivíduo ou grupo deve ter sua identidade reconhecida, pois como dizia o filósofo canadense Charles Taylor “o reconhecimento errôneo não se limita a faltar ao devido respeito, podendo ainda infligir uma terrível ferida, aprisionando suas vítimas num paralisado ódio por si mesmas. O devido reconhecimento não é uma mera cortesia que devemos conceder às pessoas. É uma necessidade humana vital”.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑